Comentar

Clientes Apple terão acesso a dados retidos

Ana Paula Cardoso - 19 de outubro de 2018 - 10:26
Clientes Apple terão acesso a dados retidos
Usuários de iPhone, iPad e MacBooks conhecerão informações pessoais e histórico de uso armazenados pela empresa.

(CCM) — Os clientes da Apple dos Estados Unidos, Canadá, Austrália e Nova Zelândia terão agora a opção de baixar uma cópia dos dados associados à sua conta da Apple ID, mantidas pela empresa. Informações como calendários, lembretes, fotos e documentos armazenados no iCloud, históricos de compras, atividades de game center e até mesmo histórico de suporte do Apple Care estão entre as referências pessoais detidas pela Apple.


De acordo com notícia publicada pela agência Reuters, o acesso a esta base de dados já estava disponível para clientes na União Europeia e Suíça desde maio. Esta semana a empresa anunciou que o serviço será disponibilizado em todo o mundo nos próximos meses. Mas os clientes que moram em países ainda não atendidos pelo acesso direto, podem solicitar uma cópia dos dados pela central de suporte a clientes da Apple.

A iniciativa acontece em um momento sensível em relação a questões de segurança e vazamento de dados. Porém, na prática, o fato de estar a par do que a empresa conhece a respeito do usuário não lhe deixa imune ao hackeamento ou acesso de dados por terceiros. Mas através da abertura do acesso a esta base de informações, o usuário poderá controlar melhor sua conta. Além de saber quais são os dados suscetíveis a vazamento, a fim de decidir quais informações vai deletar ou mesmo se vai fechar a conta da Apple.

Foto: © Apple.
Adicionar comentário

Comentários

Comentar a resposta do usuário anônimo