Comentar

Uber pode​ ​passar a exigir CPF de usuário

Ana Paula Cardoso - 7 de dezembro de 2018 - 10:10
Uber pode​ ​passar a exigir CPF de usuário
Obrigar a apresentação do documento ao aplicativo é a proposta do ​Ministério Público do Rio de Janeiro.

(CCM) — Pedir um motorista no Uber pode ficar mais demorado. Na última quarta-feira (5), o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) deu entrada em ​​ação na 3ª Vara Empresarial da Comarca da Capital a fim de exigir que o aplicativo obrigue usuários a informar o número do CPF. O MPRJ alega que a ​​ação visa a coibir as fraudes no uso de cartões de crédito em utilizações virtuais.


A medida​ é ​da 2ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva e Defesa do Consumidor e do Contribuinte. Considerada como necessária pelo MPRJ, a ideia é pedir o CPF cada vez que uma corrida for solicitada. Espera-se assim reduzir o grande número de casos de reclamações de cobranças indevidas em cartão de crédito, que estariam sendo geradas pelo aplicativo.

Caso a Justiça acate a ação, o descumprimento da decisão pode levar a uma multa de R$ 10 mil para o Uber. Do lado dos clientes, a consequência pode gerar certa insegurança, como o receio de ter um documento clonado. Mas para evitar a multa, certamente a empresa passaria a exigir o número do documento. E quem não quiser informar o CPF, acabará por perder a corrida.

Foto: © iStock.
Adicionar comentário

Comentários

Comentar a resposta do usuário anônimo