Comentar

Bug no Facebook expôs fotos de 6,8 milhões

Bug no Facebook expôs fotos de 6,8 milhões
Falha no sistema de segurança burlou configurações de privacidade das contas e deu acesso a imagens privadas.

(CCM) — O Facebook informou na última sexta-feira (14) que um bug em sua interface de programação de aplicativos para fotos pode ter permitido o acesso não autorizado de terceiros a imagens. O problema aconteceu em setembro e afetou 6,8 milhões de contas, mas a empresa só divulgou no fim da semana passada.

Na prática, qualquer foto postada ficou aberta, mesmo aquelas não compartilhadas entre amigos e com acesso exclusivo ao próprio usuário da conta. Normalmente, o Facebook recebe a permissão do usuário para que as fotos sejam acessadas e essas configurações de segurança impõem certas restrições aos conteúdos publicados na Linha do Tempo.

No entanto, por um período de cerca de duas semanas, entre 13 e 25 de setembro, um erro na atualização de código de API (Interface de Programas de Aplicativos, na sigla em inglês), que rege a privacidade das fotos, estendeu esta permissão para outras seções do perfil. Além disso, as fotos que o usuário não publicou também foram expostas.

Essa é mais uma notícia sobre falhas de segurança do Facebook, que vêm inquietando os usuários da rede social. Quando perguntado porque o Facebook demora para informar o público sobre as falhas, um porta-voz da empresa disse à rede americana CNN:

"Estamos investigando o problema desde que foi descoberto para tentar entender seu impacto, para que pudéssemos entrar em contato com os desenvolvedores e pessoas precisamente afetadas pelo bug". Em notificação, o Facebook garantiu que cada um dos usuários que estiveram vulneráveis receberão um aviso da rede social.

Foto: © Facebook.