Comentar

Apple perde mercado para produtos chineses

Ana Paula Cardoso - 4 de janeiro de 2019 - 06:46
Apple perde mercado para produtos chineses
Fabricante do iPhone teve recuo na margem de lucro pela primeira vez em 16 anos.

(CCM) — Smartphones baratos com recursos similares aos grandes fabricantes alteraram o mundo da tecnologia. Nesta quarta (2), a Apple anunciou queda no faturamento em 2018.

Foi a primeira vez desde 2002 que a gigante de tecnologia sofre recuo em seus lucros. O motivo gira em torno do enfraquecimento da fidelidade de seus clientes: muitos antigos usuários do iPhone não conseguem acompanhar as renovações da marca por causa dos altos preços dos produtos.

O resultado abaixo das expectativas levou a uma queda das ações da Apple em torno de 5% na Bolsa de Valores de Nova York na quinta-feira (3). De acordo com artigo publicado pelo jornal francês 'Les Echos', a causa do menor lucro estaria ligada a uma menor taxa de renovação dos aparelhos da marca mundo afora. Principalmente em países menos desenvolvidos, onde os recursos financeiros dos consumidores são mais escassos.

Outra análise do jornal francês mostra que também não houve crescimento de mercado em países como Chine e Índia, conhecidos por terem populações afeitas ao consumo de tecnologia. A Apple fez uma aposta grande nestes dois gigantes asiáticos, mas o atual contexto mostra que nestes países há forte concorrência com fabricantes locais, muitos dos quais inspiram-se nas tecnologias de grandes empresas para produzirem produtos similares e muito mais baratos.

No Brasil, o mais recente modelo da Apple, o iPhone Xs, custa em torno de R$ 10 mil.

Foto: © instinia - 123RF.com
Adicionar comentário

Comentário

Comentar a resposta do usuário anônimo