Comentar

Q é assistente digital sem gênero na voz

Ana Paula Cardoso - 15 de março de 2019 - 08:04
Q é assistente digital sem gênero na voz
Desenvolvedores criaram produto de inteligência artificial que não se define como masculino nem feminino.

(CCM) — A questão da identidade de gênero chega ao ramo da tecnologia. O coletivo Equal AI acaba de divulgar a criação de assistente de voz sem gênero definido, para fazer concorrência aos dispositivos Siri, da Apple, e Alexa, da Google, ambos definidos como vozes femininas.

Segundo divulgou o canal de TV francês 'France Info', o projeto milita para desenvolver os aspectos éticos da inteligência artificial. O objetivo? Quebrar os estereótipos de gênero.

A criação do Q visa romper com o senso comum entre as empresas de tecnologia que, em geral, associam mais frequentemente uma voz feminina a um papel de serviço, como a de um assistente, enquanto a voz masculina é usada para ilustrar autoridade.

Para chegar a uma voz neutra, os desenvolvedores do Q gravaram quase 5 mil diferentes vozes de pessoas que se autointitulam não-binárias. O resultado pode ser ouvido em apresentação piloto do assistente, divulgado em vídeo pelo YouTube. Para escutar a voz de Q, clique aqui.

Foto: © Google.
Adicionar comentário

Comentários

Comentar a resposta do usuário anônimo