Comentar

YouTube é pressionado para combater pedofilia

Ana Paula Cardoso - 21 de junho de 2019 - 05:52
YouTube é pressionado  para combater pedofilia
Governo americano investiga o YouTube sobre o tratamento de vídeos infantis.

(CCM) — O YouTube considera adotar novas estratégias em resposta à pornografia infantil. Segundo os jornais 'Washington Post' e 'New York Times', o FTC, órgão do governo dos Estados Unidos que regulamenta as empresas, estaria nos últimos estágios de uma investigação sobre conteúdo infantil no YouTube.

De acordo com os veículos de imprensa americanos, os executivos do YouTube estariam pensando em transferir todo o conteúdo com crianças para o YouTube Kids, aplicativo secundário da plataforma.

O YouTube também consideraria a desativação das recomendações automáticas, que hoje existem pré-programadas e qualificam, seguindo algoritmos predeterminados, alguns vídeos na categoria "infantis".

Embora o YouTube Kids tenha sido criado em 2015, a maioria das crianças ainda usa o aplicativo normal do YouTube para acessar a plataforma. Essas considerações de mudança pelo YouTube seriam resultado da investigação do FTC.

A rede social de acesso livre estaria, de certa forma, sendo pressionada pelo órgão regulamentador, que é engajado na luta mundial de combate à pedofilia.

Foto: © iStock.com

Veja também

Adicionar comentário

Comentário

Comentar a resposta do usuário anônimo