Comentar

Huawei poderá ter Android de volta

Ana Paula Cardoso - 1 de julho de 2019 - 07:46
Huawei poderá ter Android de volta
No Japão, Trump conversou com presidente da China e teria voltado atrás na restrição de negócios com a chinesa.

(CCM) — O presidente dos EUA Donald Trump teria suspendido a proibição de vender componentes de tecnologia dos EUA ao fabricante de smartphones chinês Huawei.

Segundo a agência de notícias 'Reuters', os presidentes da China e dos Estados Unidos teriam conversado no Japão, onde ambos estiveram até sábado (29) por conta do encontro do G20 - grupo que reúne as 20 maiores economias do planeta.

De acordo com os principais veículos que cobriram o evento, entre eles o canal 'Bloomberg' e o jornal 'New York Times', o governo americano teria declarado que as empresas americanas podem vender seus equipamentos para a Huawei, desde que o equipamento em si não represente um grande problema de segurança nacional.

Segundo a imprensa do país, tudo leva a crer que o sistema operacional da Google não representa um risco para a segurança dos EUA. A Huawei, maior fabricante de equipamentos de telecomunicações e segunda maior fabricante de smartphones do mundo, sempre negou que seus produtos representem uma ameaça à segurança.

O grupo começou a se defender legalmente desde que foi colocado, em maio, em uma 'lista negra' nos EUA para as exportações. Esse fato acabou colocando em risco as negociações entre empresas americanas e a fabricante chinesa, incluindo a restrição de usar o Android como sistema operacional.

Foto: © Faiz Zaki - Shutterstock.com
Adicionar comentário

Comentário

Comentar a resposta do usuário anônimo