Comentar

Laser identificará pessoas por batidas do coração

Ana Paula Cardoso - 2 de julho de 2019 - 09:57
Laser identificará pessoas por batidas do coração
Sistema pode ser mais eficaz que reconhecimento facial.

(CCM) — Um laser projetado para os militares dos EUA seria capaz de identificar uma pessoa a 200 metros, usando apenas a leitura de sua frequência cardíaca. O dispositivo é baseado em vibrometria, que detecta movimentos de superfície causados ​​pelas batidas do coração.

Segundo o site de informações econômicas 'Business Insider', o dispositivo é resultado de pesquisa feita pelo MIT(Massachusetts Institute of Technology). A tecnologia seria capaz de, através de algoritmos, extrair a assinatura cardíaca de um indivíduo com base nos sinais do laser.

De acordo com os pesquisadores envolvidos no estudo, a tecnologia poderia ser mais confiável do que o reconhecimento facial, que pode não ser eficaz quando se usa barba, óculos escuros ou há algum componente que possa interferir no reconhecimento da imagem.

Os militares dos EUA já testam também outras técnicas de reconhecimento biométrico, como analisar o andar de um indivíduo para identificá-lo. Lembrando que a internet surgiu há 30 anos a partir de experiências militares.

Hoje, a rede mundial de computadores se popularizou no mundo civil. Nada descarta, portanto, que a nova funcionalidade laser deverá ser testada e, que sabe, um dia fará parte da rotina de segurança de computadores e até aparelhos celulares.

Foto: © Kandelaki - Shutterstock.com
Adicionar comentário

Comentário

Comentar a resposta do usuário anônimo