Comentar

China exige acesso a smartphones de turistas

Ana Paula Cardoso - 3 de julho de 2019 - 09:02
China exige acesso a smartphones de turistas
Na entrada do país, agentes de fronteira exigem o uso de um malware, sob a alegação de prevenção contra o terrorismo.

(CCM) — A China está forçando turistas a instalarem um aplicativo que baixa textos e escaneia seus telefones na fronteira de Xinjiang, uma das regiões mais vigiadas do país.

A notícia foi veiculada pelo jornal americano 'New York Times', o inglês 'The Guardian' e a rádio alemã 'NDR'. Segundo o relato da imprensa internacional, a polícia de fronteira da China estaria forçando os visitantes a baixarem um aplicativo de malware em seus telefones.

As autoridades em Xinjiang estariam usando a tecnologia invasiva para monitorar os uigures, uma minoria étnica predominantemente muçulmana que vive na região. Em 2018, a Organização das Nações Unidas (ONU) já recebera denúncias de perseguição à etnia uigure na China.

O governo chinês, no entanto, sempre justificou a repressão em Xinjiang por tratar-se de uma zona fronteiriça com o Afeganistão e o Paquistão, o que levaria à necessidade de "lutar contra o terrorismo islamita" e contra o separatismo de uma parte dos membros da comunidade uigur.

Foto: © Pixabay.
Adicionar comentário

Comentário

Comentar a resposta do usuário anônimo