Comentar

Moeda digital do Facebook sofre pressão nos EUA

Ana Paula Cardoso - 25 de julho de 2019 - 06:00
Moeda digital do Facebook sofre pressão nos EUA
A criptomoeda, chamada libra, nem foi lançada e o mercado financeiro tradicional já tenta intimidá-la.

(CCM) — O Facebook pode lançar sua criptomeoda, a libra, à revelia do mercado financeiro americano. Segundo a rede inglesa 'BBC', o Facebook está enfrentando uma imensa pressão dos reguladores dos EUA sobre seus planos de lançar a moeda digital.

A rede britânica informa que cerca de 20 gigantes, incluindo Visa, MasterCard e Uber, não estão nada confortáveis com a entrada do império Facebook no mundo das transações financeiras. Isso porque o Facebook planeja, por conta própria, oferecer sua própria carteira digital, chamada Calibra.

A Calibra seria uma espécie de conta-corrente. Ou seja, funcionaria como uma carteira física com dinheiro, só que virtual, armazenando as libras de um usuário e possibilitando transações com outras carteiras. Mas essa nova forma de transação financeira tem o potencial, dizem os legisladores, de perturbar drasticamente o setor bancário global.

Justamente por tratar-se de uma moeda digital que pode atravessar fronteiras. Ainda de acordo com a 'BBC', foi por isso que David Marcus, o executivo do Facebook para este projeto monetário, esteve presente em dois comitês do Congresso dos EUA na semana passada, para responder às preocupações.

De acordo com a rede de notícias da Grã-Bretanha, o executivo do Facebook teria garantido que a rede social não oferecerá a moeda digital libra até que tenham sido resolvidas todas as preocupações regulatórias. E tenham sido recebidas todas as aprovações devidas.

O que ainda não se sabe é se a promessa seria de não lançar em qualquer lugar sem a aprovação dos EUA. Ou de apenas não lançar a libra apenas nos EUA.

Foto: © iStock.com
Adicionar comentário

Comentário

Comentar a resposta do usuário anônimo