Linux - o editor Vi

Abril 2017

Introdução ao Vi

O VI é um dos editores de texto mais populares nos sistemas de tipo Unix (com Emacs e Pico) apesar da sua ergonomia muito limitada. No Linux, existe uma versão livre de Vi chamada Vim (VI Improved). O editor VI (pronuncia-se Vihaie) é um inteiramente em modo texto, o que significa que cada uma das ações se faz com a ajuda de comandos de texto. Embora seja pouco prático à primeira vista, é muito potente e pode ser muito útil no caso de falha da interface gráfica. A sintaxe para lançar o VIi é a seguinte:
vi nome_do_arquivo
.

Deslocamentos no editor VI

Quando o arquivo for aberto, é possível deslocar-se com a ajuda dos cursores ou então se o teclado não possuir as setas, com as teclas h, j, k e l.

Os modos Vi

O Vi possui 3 modos de funcionamento: o modo normal que é aquele da abertura do arquivo e que permite escrever comandos; o modo inserção que permite inserir os caracteres digitados dentro do documento. Para passar para modo inserção, basta pressionar a tecla Insert do seu teclado ou, na falta desta, na tecla i; o modo de substituição permite substituir o texto existente por outro. Basta pressionar a tecla r para passar para o modo substituição, e pressionar a tecla Escape para voltar ao modo normal;

Os comandos básicos

ComandoDescrição
:qSai do editor (sem salvaguardar)
:q!Obriga o editor a fechar sem salvar (ainda que tenham sido feitas modificações no documento)
:wqSalva o documento e sai do editor
:filenomSalva o documento com o nome especificado

Os comandos de edição

ComandoDescrição
xApaga o caractere no cursor
ddApaga a linha no cursor
dxdApaga x linhas a partir do cursor
nxApaga n caracteres a partir do cursor
x>>Faz um espaçamento em x linhas para a direita a partir do cursor
x<<Faz um espaçamento em x linhas para a esquerda a partir do cursor

A localização e a substituição

Para procurar uma palavra num documento, basta (em modo normal) digitar / seguido da cadeia buscada, depois validar com a tecla Enter. É, então, possível ir de ocorrência em ocorrência graças à tecla n.

Para substituir uma cadeia de caractere por outra numa linha, existe um comando muito potente no Vi que utiliza as expressões regulares. Eis a sua sintaxe:
:s/cadeia_a_substituir/cadeia_de_substituição/
. É possível generalizá-lo para qualquer documento graças a esta sintaxe.

Quais são os comando para copiar-colar e cortar-colar

É possível, no Vi, copiar-colar uma seleção de linhas. Para tanto, basta digitar o comando para copiar n linhas:
nyy
. Por exemplo, o seguinte comando, copiará 16 linhas na área de transferência:
16yy
. Para colar a seleção, basta escrever a letra p. Para cortar-colar várias (n) linhas o comando é similar:
ndd
seguido da letra p para colar.

Veja também


Linux - The Vi editor
Linux - The Vi editor
Linux - El editor de Vi
Linux - El editor de Vi
Linux - L'éditeur Vi
Linux - L'éditeur Vi
Linux - L'editore Vi
Linux - L'editore Vi
Última modificação: 13 de abril de 2017 às 10:16 por ninha25.
Este documento, intitulado 'Linux - o editor Vi', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.