Faça uma pergunta »

TFT - LCD - Reanimar um pixel defeituoso em uma tela LCD

Julho 2015


Você acabou de receber um ecrã LCD ? E este comporta alguns pixéis defeituosos?

Trata-se em primeiro lugar de saber se estes são pixéis ou sub pixéis, mortos ou vivos :

Um pixel ?

  • Um pixel é o menor elemento de uma imagem. É simplesmente um ponto de cor entre os milhões que constituem a imagem. Os sub-pixéis compõem os pixéis e podem afixar cada um 256 cores diferentes; os três juntos são capazes de constituir um ponto podendo afixar 16'777'216 cores diferentes. E enfim, juntando alguns milhões de pixéis, obtém-se uma imagem.
  • O pixel pode ser defeituoso por várias de razões (mau soldados, más contatos, elementos colados,...), aliás, isto pode engendrar duas conseqüências:
    • O pixel está morto: Ele não se afixa mais, distingue-se um pequeno buraco preto no meio de outros pixéis iluminados.
    • O pixel está vivo: Ele , fica todo o tempo aceso, ele é geralmente de cor branca salvo em caso de acumulação de funções estragadas e com problemas com os sub-pixéis, por exemplo.
    • Pelas mesmas razões,se um sub-pixel é defeituoso, isto não engendraria as mesmas conseqüências. E, em teoria, salvo se os três sub-pixéis estão apagados, significa que um pixel está morto. Um sub-pixel preto engendrará uma modificação da cor do pixel (pois os dois outros sub-pixéis se ascenderão).

Detectar um pixel morto e reanimá-lo


É muito delicado distinguir um sub-pixel morto (ou vivo), pois ele é três vezes menor que um pixel e não apaga o pixel completamente. No entanto, com uma imagem da mesma cor, estes são facilmente identificáveis.

UdPixel é um software que busca e corrige possível pixels e sub-pixels que não funcionam bem.

Para detectar, se não se trata do sistema que acabamos de falar: o software exibe uma tela com uma cor que ocupa todo o ecrã, cabe a nós de percorrer o ecrã para tentar detectar os pixels pretos (mortos) ou uma cor incorreta (sub-pixel morto ou vivo).

No momento da reparação, UDPixel envia flashes de cor no ecrã para tentar reanimar os pixéis defeituosos. Testado com sucesso em diversos fóruns, inclusive CCM, ele reanima aparentemente 40% dos ecrãs, testados no lançamento da versão 1.0. Ele flasha assim, em intervalos reguláveis, por zona de 1 ou 10 pixels. Seu funcionamento exige um período de algumas horas.
  • UdPixel (Windows NT, 2K, 2003, XP) necessita Microsoft .Net Framework.

Download e instalação do UDPixel

  • Acesse : UDPixel
  • Clique em "download UDPixel"
  • Clique em "registrar o arquivo"
  • Duplo-clique sobre o ícone "UDPixel22_installer.exe
  • Clique em "Executar"
  • Desmarque a casa "Run UDPixel at windows startup"
  • Clique em "Next >"
  • Clique em "Install"
  • Clique em "Close"

Utilização do UDPixel

  • Vá em Iniciar > todos os programas> UDPixel > UDPixel
  • Detectar os pixels mortos ao clicar as diferentes cores.
  • Clique em start




Salienta-se que a garantia do construtor não funciona se somente 0.01% dos pixels estão defeituosos, é portanto enorme! Isto resulta:
  • 15" (resolução nativa 1024x768px) até 78 pixéis.
  • 17" e 19" (resoluções nativas 1280x1024px) até 130 pixéis.
  • 20" e 21" (resoluções nativas 1600x1200px) até 192 pixéis.
  • 23" t 24" (resoluções nativas 1920x1200px) até 230 pixéis.

Se o ecrã possui menos pixéis defeituosos dos indicados acima, o construtor estimará que 99.99% do aparelho funciona, e pode/ recusar de trocá-los. Bom, felizmente, os vendedores não são selvagens, se você tiver uma série de pixéis inutilizáveis no meio do ecrã, não será obrigado a esperar a atingir o número exato de pixéis mortos. Certos construtores estabelecem um número limitado, por resolução nativa, geralmente compreendido entre 4 e 20 (para ecrã de 12 polegadas a 21). Mas nada é seguro, e o vendedor pode recusar-se de trocar de monitor, se ele funcionar com pelo menos 99.99%.
  • Existe igualmente a técnica da mensagem, que consiste em tomar de maneira circular o contorno do pixel, de mais em mais forte e durante alguns minutos. É muito perigoso para os pixels vizinhos, que ainda funcionam. E mesmo se a mensagem permitisse anular um falso contato na micro-maquinaria, eu não aconselho. Faça-o se realmente o(s) pixel(is) atrapalha(m) muito a imagem, ou então tente bem pouquinho, de leve.


Veja também: Localização e explicação dos pixéis mortos (inglês)

Note enfim que as experiências dos usuários, com este software, são muito diferentes, e, enquanto alguns não necessitam mais do que alguns minutos para reanimar o pixel, outros devem dispor de um dia inteiro, e outros que não conseguem nem mesmo com a mensagem. Não existe solução miraculosa, é preciso tentar o mais longamente possível com os flashes, testar eventualmente a mensagem. (Lembre-se: Atenção !). Esta mensagem poderá então ser modificada a partir das experiências de cada um.
Para uma leitura offline, é possível baixar gratuitamente este artigo no formato PDF:
Tft-lcd-reanimar-um-pixel-defeituoso-em-uma-tela-lcd.pdf

Veja também

Na mesma categoria

Reanimar un pixel defectuoso
Por Carlos-vialfa em 3 de abril de 2013
Artigo original publicado por Yoan. Tradução feita por ninha25.
Este documento, intitulado « TFT - LCD - Reanimar um pixel defeituoso em uma tela LCD »a partir de CCM (br.ccm.net) está disponibilizado sob a licença Creative Commons. Você pode copiar, modificar cópias desta página, nas condições estipuladas pela licença, como esta nota aparece claramente.