Criar um pendrive de instalação para o OS X 10.9, aliás Mavericks

Dezembro 2016


Página de suporte do Mavericks do site da Apple

http://www.apple.com/br/support/osx/

O que diz a Apple sobre as condições necessárias

Os Mac compatíveis

iMac (meio de 2007 ou mais recente)
MacBook (fim de 2008 em alumínio, início de 2009 ou mais recente)
MacBook Pro (metade/fim de 2007 ou mais recente)
MacBook Air (fim de 2008 ou mais recente)
Mac mini (início de 2009 ou mais recente)
Mac Pro (início de 2008 ou mais recente)
Xserve (início de 2009)

Configuração necessária

OS X versão 10.6.8 ou posterior
2 Gb de memória
8 Gb de espaço disponível
Certas funcionalidades precisam de um ID da Apple; sujeito à condições.

Algumas funcionalidades requerem um fornecedor de acesso à Internet compatível, taxas de inscrição podem ser aplicadas.

Atualização a partir de uma versão anterior

A partir do OS X Snow Leopard
Se você tiver o Snow Leopard (10.6.x), instale a versão mais recente do OS X Snow Leopard antes de baixar o OS X Mavericks no Mac App Store. Clique no ícone da Apple e selecione Atualização de Software para instalar o OS X Snow Leopard 10.6.8, a versão mais recente.

A partir do OS X Leopard

Se você tiver o Leopard e quiser passar para o OS X Mavericks, você deve primeiro instalar o OS X Snow Leopard. Você pode comprar o OS X Snow Leopard aqui: Snow Leopar

Baixar o Mavericks - OS X 10.9

Abra o Mac App Store e clique em OS X Mavericks. Clique em Download e siga as instruções na tela para instalá-lo. Se você não tiver uma conexão de banda larga, ir a qualquer Apple Store, onde você obterá ajuda para o download.

Fontes

Essas foram a indicações oficiais dadas pela Apple http://www.apple.com/br/osx/how-to-upgrade/ e https://www.apple.com/br/osx/specs/

O recomendado

É preciso ter, pelo menos, 4 Gb de RAM instalada e dispor de uma conta iCloud existente e anotar seus IDs (Apple ID) > iCloud. Dispor de 2 pendrives de 8 GB, ou de um pendrive de 8 Gb e um disco externo. Antes de tudo, vá em Finder > Preferências > Barra lateral e verifique na categoria Dispositivos que as caixas Discos rígidos e Discos externos foram assinaladas. Isto será útil para mais tarde.

ETAPA 1 - o download do Mavericks

Execute o aplicativo da App Store e se você não estiver conectado em sua sessão, faça-o com os seus IDs da conta do iCloud. Clique no OS X Mavericks e no botão Download. Vai acontecer o download, há cerca de 5,3 GB de download. Depois que o pacote de instalação bruto for baixado. A janela de instalação será iniciada automaticamente. Não clique em Continuar. Na barra de menu, vá em Instalação do OS X > Fechar Instalação do OS X. Localize na sua pasta de Aplicativos o pacote bruto de instalação chamado Instalar OS X Mavericks

Copie este aplicativo (é realmente um aplicativo) em um dispositivo externo (disco externo ou um dos pendrives de 8GB). O objetivo é mantê-lo intacto para o futuro.

ETAPA 2 - Preparar o pendrive de instalação

Insira o seu pendrive virgem em uma porta USB (não no teclado, mas no próprio Mac) e lance o utilitário de disco que se encontra em Aplicativos > Utilitários. Na coluna lateral esquerda do Utilitário de disco, selecione o seu pendrive - não a sua partição já existente, mas o próprio pendrive - com o nome do fabricante e a indicação de sua capacidade. À direita na janela, clique no botão Partição e na área Esquema de Partição você verá um botão indicando Atual. Desenrole o botão Atual e escolha 1 Partição. Clique em Opções ... na parte inferior desta área. Selecione GUID no alto das 3 melhores opções e pressione o botão OK. Confirme que o formato escolhido é o Mac OS Extended (Journaled). Clique no botão Aplicar no canto inferior direito, Valide a confirmação e deixe a operação acontecer. Neste ponto, o pendrive está pronto.

Agora é preciso tornar visíveis os arquivos do sistema, que normalmente são invisíveis. Para isso, usaremos um freeware simples e prático, o iTweax. Veja aqui:
http://itweax.net. Execute-o e clique no botão Tweaks. Marque a caixa Show Hidden Files and Folders e clique no botão Apply. Você verá agora, por toda parte, vários arquivos cujo nome começa com um ponto: não mexa!

ETAPA 3 - Extração de arquivos úteis

Para maior comodidade, alinhe, lado a lado, as janelas do Finder e do Utilitário de Disco. Vá na sua pasta de Aplicativos, clique direito no aplicativo Install OS X Mavericks e escolha Mostrar o conteúdo do pacote. A partir da pasta Conteúdo, navegue até SharedSupport para ver o arquivo InstallESD.dmg. Clique duas vezes nesta imagem de disco para o subir no Finder. Deixe a verificação de integridade ser feita - a imagem de abertura da imagem de disco diz para Verificar e depois de montado, o conteúdo visível mostra uma outra imagem de disco, chamada desta vez de BaseSystem.dmg,. (Note a presença de um arquivo chamado "Pacotes", logo ao lado. Vamos usá-lo mais tarde.

Esta imagem de disco está acinzentada, porque normalmente ela é invisível).

Clique com o botão direito do mouse e escolha Abrir, porque não podemos montá-la com o clique duplo. Mais uma vez, deixe a verificação ser feita. Neste ponto, temos duas imagens de disco montadas na coluna da esquerda do Finder e, também, na coluna da esquerda do Utilitário de Disco. Uma é chamada OS X Instalação ESD e a outra, saída da primeira, de OS X Base System. Para evitar uma possível confusão em outras operações: na coluna da esquerda do Finder, arraste o item OS X Base System na parte superior da guia Dispositivos e volte para a janela do Utilitário de Disco. Clique na linha BaseSystem.dmg para selecioná-la; agora ela aparecerá destacada em azul. Clique no botão Restaurar no lado direito da janela. Verifique se na área Fonte onde se encontra o BaseSystem.dmg. Arraste para a área Destino a partição do pendrive, a partição desta vez, e não o pendrive. Esta partição se chama Untitled (Sem nome) ou o nome que você deu a ela, na fase de preparação do pendrive,

Verifique se você tem a área "Fonte" preenchida pelo "BaseSystem.dmg" e a área "Destino", pelo nome da partição do pendrive,

Clique no botão Restaurar no canto inferior direito da janela. Confirme o pedido da janela seguinte clicando no botão Apagar. O sistema vai pedir a sua senha de administrador do Mac (a senha da sua sessão). Você deverá responder e clicar em OK. O processo vai começar, deixe-o terminar.

ETAPA 4 - Finalizar o pendrive

O pendrive está quase pronto, mas ele é uma cópia fiel da imagem de disco OS X Base System original, que usou um arquivo localizado em outro lugar e isso, através de um pseudônimo. Por isso, você deverá remover esse pseudônimo e substituí-lo pelo arquivo original. Este pseudônimo é chamado de Pacotes e fica no OS X Base System > System > Instalação. A pasta original útil, está na imagem de disco InstallESD.dmg montada. Trata-se da pasta Pacotes, que fica ao lado da imagem de disco cinza, chamada BaseSystem.dmg, pasta que eu mencionei acima .

Vamos modificar o conteúdo do pen drive, mas não o conteúdo das imagens de disco originais usada para fabricar o pendrive. Para evitar qualquer erro de manipulação, vamos ejetar a imagem do disco que não devemos mexer. Mais acima, eu tinha pedido para arrastar, para o topo da guia Dispositivos na coluna da esquerda do Finder, a imagem de disco chamada OS X Base System; foi um bom truque para diferenciá-la da imagem de disco com o mesmo nome e, também visível na guia Dispositivos e, que corresponde ao pendrive recém-criado.

Vá no Finder e na coluna da esquerda, ejete a imagem de disco OS X Base System que está no topo da lista. Nesta fase, você só deverá ter duas imagens de disco montadas: uma imagem de disco chamada OS X Install ESD, saída do seu pacote de instalação original, uma imagem de disco chamada OS X Base System, que é o seu pendrive montado. Volte para o seu pendrive, ou seja, para o OS X Base System. Navegue em Sistema > Sistema > Instalação e ejete o arquivo pseudônimo chamado Pacotes e esvazie a lixeira. Vá na imagem de disco InstallESD.dmg e selecione a pasta Pacotes. Combine as teclas CMD + C para copiá-la. Volte para OS X Base System > Sistema > Instalação. Agora, combine as teclas CMD + V para colar o arquivo aqui (ele substitui o pseudônimo). Espere copiar o arquivo inteiro. Ele é muito pesado e pode levar algum tempo. Eu indiquei o método Copiar-Colar mas, obviamente, o método Arrastar-Larga também funciona mas, com o primeiro há menos risco de erro de manipulação, caso você tenha várias janelas abertas. Depois de efetuar todas essas etapas, o seu pendrive deve estar operacional.

Agora você pode ejetar as duas imagens de disco a partir do Finder e, novamente, ocultar os arquivos do sistema com o iTweaX.

Observação importante

A execução de uma instalação a partir de zero pode ser feita de duas maneiras:

Iniciamos o Mac a partir do pendrive (tecla ALT pressionada na inicialização enquanto o pendrive estiver inserido, em seguida, a escolha do pendrive ... etc). Em seguida, para começar, ignoramos a janela de instalação que aparece e vamos na barra de menus para selecionar o Utilitário de Disco.

Aqui, duas opções são possíveis: ou nos contentamos de excluir (formatar), a partição de trabalho padrão do disco rígido ou refazemos a partição do novo disco rígido novamente, conforme esquema GUID, é claro.

Que a diferença?

No primeiro caso, conservamos uma eventual partição de backup existente e no segundo caso, removemos esta partição e ficamos com o Mavericks totalmente instalado e funcionando, mas sem partição de backup. É o que aconteceu comigo. A solução que encontrei é muito simples. Basta colocar o pacote bruto de instalação da App Store na pasta de Aplicativos e reiniciar a instalação. Em seguida, vamos instalar o Maverciks sobre o Mavericks e encontramos uma partição de backup no seu disco rígido. É bom saber, porque podemos precisar dispor desta partição de backup, quando não tivermos o nosso pendrive à mão (Mac laptops), mas também, e sobretudo, a presença da partição de recuperação é necessária para que a função Localizar meu Mac das preferências do iCloud seja possível.

Veja também :
Este documento, intitulado « Criar um pendrive de instalação para o OS X 10.9, aliás Mavericks »a partir de CCM (br.ccm.net) está disponibilizado sob a licença Creative Commons. Você pode copiar, modificar cópias desta página, nas condições estipuladas pela licença, como esta nota aparece claramente.