Limpar a pasta Prefetch não acelera o Windows

Faça uma pergunta
Contrariamente ao que se possa pensar, esvaziar regularmente a pasta Prefetch não acelera o Windows. Antes de tudo, temos que compreender a utilidade da pasta Prefetch (C:\WINDOWS\Prefetch).

Ao executar um programa, ele segue esta ordem: processamentos > carregamentos de disco > processamentos > carregamentos de disco, etc. Na primeira inicialização do programa, o Windows vai analisar (durante 10 segundos) quais arquivos o programa acessará, marcando-os em um arquivo na pasta Prefetch. Nos próximos arranques, nas fases do processamento do programa, o Windows aproveitará para procurar os arquivos que o programa precisará. Resultado, uma execução mais rápida dos programas.


Além disso, o sistema Prefetch também é ativado na inicialização do Windows, para rastrear os carregamentos de arquivos na inicialização (e otimizar o arranque do Windows).


Concluindo, o desfragmentador do Windows também pode utilizar as informações da pasta Prefetch, para carregar os arquivos mais utilizados no momento do arranque, no início do disco, melhorando mais ainda o seu desempenho. Assim, fica claro que é inútil esvaziar esta pasta, já que o Windows se limita a 128 arquivos, de qualquer maneira. Remover o conteúdo desta pasta reduzirá o desempenho do Windows. Desativar a função Prefetch também te privará da oportunidade de melhorar o desempenho.

No entanto, sem esvaziá-lo, é útil limpá-lo, mesmo que o ganho seja mínimo. Na verdade, links obsoletos podem ser registrados e o Windows tentará uma ação, apesar de tudo.


O CCleaner tem, hoje, uma função padrão desmarcada para remover esses resíduos.

Foto: © Microsoft.
Jean-François Pillou

Jean-François Pillou - Fundador do CCM
Mais conhecido como Jeff, Jean-François Pillou é o fundador do CommentCaMarche.net. Ele também é CEO do CCM Benchmark e diretor digital do Grupo Figaro.

Mais informações sobre a equipe do CCM

Veja também