Equipamentos de rede - a ponte (bridge)

Março 2017

O que é uma Ponte na rede (bridge)

Uma Ponte é um dispositivo material que permite conectar redes que trabalham com o mesmo protocolo. Assim, contrariamente ao repetidor, que trabalha em um nível físico, a ponte trabalha no nível lógico - acrônimo do inglês Open System Interconnection - Sistema aberto de interconexão (nível da camada 2 do modelo OSI), quer dizer que é capaz de filtrar as tramas deixando passar unicamente aquelas cujo endereço corresponde a uma máquina situada no extremo da ponte.

Assim, a ponte permite segmentar uma rede conservando na rede local as tramas destinadas à rede local e transmitindo as tramas destinadas às outras redes. Isto permite reduzir o tráfego (principalmente as colisões) em cada uma das redes e aumentar o nível de confidencialidade, já que as informações destinadas a uma rede não podem ser ouvidas no outro fio. Por outro lado, a operação de filtragem realizada pela ponte pode conduzir a um ligeiro atraso na passagem de uma rede à outra, é a razão pela qual as pontes devem ser colocadas judiciosamente numa rede:

exemple de pont (bridge)

Uma ponte serve habitualmente para que os pacotes de dados transitem entre duas redes do mesmo tipo.

Qual é o princípio da Ponte

Uma ponte possui duas conexões a duas redes distintas. Quando a ponte recebe uma trama em um das suas interfaces, ela analisa o endereço MAC - Media Access Control (endereço físico associado à interface de comunicação, que conecta um dispositivo à rede) do destinatário e do emissor. Se por acaso a ponte não conhece o emissor, armazena o seu endereço em uma tabela para lembrar-se depois de que lado da rede se encontra o emissor. Assim, a ponte é capaz de saber se o emissor e o destinatário estão situados no mesmo lado ou numa parte e noutra da ponte. No primeiro caso, a ponte ignora a mensagem, no segundo a ponte transmite a trama para a outra rede.

Como funciona a Ponte

Uma ponte funciona de acordo com a camada Conexão de dados do modelo OSI, o que quer dizer que opera com os endereços físicos das máquinas. Na realidade, a ponte está ligada a várias redes locais, chamadas segmentos. A ponte elabora uma tabela de correspondência entre os endereços das máquinas e o segmento ao qual pertencem e 'ouve' os dados que circulam nos segmentos.

Durante uma transmissão de dados, a ponte verifica na tabela de correspondência o segmento ao qual pertencem os computadores emissores e receptores (graças ao seu endereço físico, chamado endereço MAC, e não o seu endereço IP. Se estes pertencerem ao mesmo segmento, a ponte não faz nada, em caso contrário vai empurrar os dados para o segmento ao qual pertence o destinatário.

Qual é a utilidade deste dispositivo

A ponte permite segmentar uma rede, o que quer dizer que, no caso apresentado acima, as comunicações entre os 3 computadores representados na parte superior não congestionam as linhas da rede entre os 3 computadores da parte inferior, a informação passará unicamente quando um computador de um lado da ponte enviar dados a um computador situado do outro lado. Por outro lado, estas pontes podem ser conectadas a um modem, para garantir a continuidade de uma rede local à distância. Eis a representação de uma ponte em um esquema de princípio:

Pont - bridge

Veja também


Network equipment - Bridges
Network equipment - Bridges
Equipos de red - Puentes
Equipos de red - Puentes
Netzwerkausstattung - Die Bridge
Netzwerkausstattung - Die Bridge
Equipements réseau - Le pont (bridge)
Equipements réseau - Le pont (bridge)
Apparecchiature di rete - Il bridge
Apparecchiature di rete - Il bridge
Este documento, intitulado 'Equipamentos de rede - a ponte (bridge)', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.