Faça uma pergunta »

Por que o Windows não vê os 4 GB de RAM instalados?

Junho 2015


O Windows XP, o Vista ou o 7, na edição de 32 bits, não podem utilizar 4 GB; não se pode fazer nada, é uma limitação matemático.
No sistema de 32 bits, o sistema só pode endereçar 2 potência 32= 4 294 967 296 endereços diferentes, correspondente a 4 GB de RAM (4x1024x1024x1024 = 4 294 967 296 por que 1kB = 1024 bytes).

Mas, como ele precisa endereçar outra coisa, além da memória RAM (recursos da placa-mãe, placas de expansão, incluindo a placa gráfica,...), só restam, de 2,8 a 3,3 GB de RAM endereçável, dependendo da configuração do PC.

"... No final, apenas 2,75 a 3,5 GB de memória são, realmente, utilizáveis, e isto, devido à arquitetura de memória x86... A diferença entre a quantidade de memória física instalada e a quantidade disponível no Windows é explicada pela presença de uma zona alta na RAM, localizada logo abaixo dos 4 GB, onde estão armazenados os endereços de memória usados pelos drivers periféricos de extensão PCI; especificidade imposta pela arquitetura x86. Portanto, a memória de vídeo usada pelas placas gráficas amputa, em parte, a quantidade total de memória disponível ... "

Trecho tirado da Pasta Memória do Clubic. (em francês)
Portanto, não se trata de uma avaria ou de uma configuração incorreta do seu PC.

Chamo a atenção sobre a última frase, a memória do sistema gráfico vem, parcialmente, é deduzida da memória RAM instalada: Se você tem uma placa gráfica de 512MB, você tem 3,3 GB memória RAM disponível, mas com uma placa gráfica de 2GB de memória, ou um SLI de placas de 1GB, o Windows só verá 2,8 GB endereçáveis. Com um 3-way SLI GTX 280, o valor da memória para o Windows cai para 2,5 GB...

Medidas efetuadas por Hardware.fr. (em francês)

O que podemos fazer?


Há uma dica, a PAE (Physical Adress Extension), que consiste em endereçar a memória para o 36 bits com um sistema operaciona de 32 bits: assim,teoricamente, podemos ir até 64 GB de RAM na edição de 32 bits!

Na verdade, 2 potência 36 = 68 719 476 736 endereços diferentes, correspondente a 64 GB de RAM (64x1024x1024x1024 = 68 719 476 736)

Mas, infelizmente, ele não funciona bem nos PCs para o consumidor:

"... mesmo quando a configuração PAE está ativa, a quantidade de memória disponível no Windows ainda é inferior a 4 GB. Mesma coisa com a edição de 32 bits do Windows Vista"

Tirado da Pasta de memória do Clubic, citado acima.

Razões :

"Para evitar possíveis problemas de compatibilidade de drivers, as versões de 32 bits do Windows Vista limitam a memória total disponível para 3,12 GB. ..

Se um computador tiver muitos dispositivos instalados, a memória disponível pode ser reduzida para 3 GB, ou menos. No entanto, o máximo de memória disponível nas versões de 32 bits do Windows Vista é, em geral, 3,12 GB"'

Tirado do http://support.microsoft.com/kb/929605/pt-br.

Microsoft desativa, por padrão, est PAE e, recomenda não ativá-la por razões de compatibilidade dos drivers e aplicativos para o consumidor:
"Alguns drivers podem não carregar se o PAE estiver ativado..."

"Outros drivers podem carregar no modo PAE, mas causam instabilidade no sistema ..."

Tirado do parágrafo « Problemas de compatibilidade de drivers induzidos pelo PAE" suporte técnico da Microsoft , acima.


Veja as explicações detalhadas deste site :
"No Windows XP Service Pack 2 (e 3) e Vista, Microsoft ativa do a PAE mas não utiliza e...
Porque não utilizar ? Por que a Microsoft percebeu que certos pilotos não verificavam se PAE estava ativado, e faziam como se ele não estivesse. Neste caso preciso, o piloto não escrevia na zona onde ele pensava encontrar o espaço de endereço de um periférico, mas onde se encontravam, de fato, os dados, o que provoca evidentemente problemas...
Na prática, no Windows XP SP2, SP3 e Windows Vista, dispõe-se então de 4 Go de espaço de endereço e assim uma memória viva limitada.

Em um sistema profissional mais fechado, não há a necessidade de assegurar a compatibilidade de milhares de pilotos, pode-se utilizar PAE :
E o caso do domínio profissional, onde se utiliza, às vezes, um PC com mais de 4Go de RAM em 32 bits, mas são sistemas fechados, que fazem sempre as mesmas aplicações, com pilotos compatíveis PAE.

Veja a lista das diferentes versões de Windows, com a memória máxima endereçada:
http://en.wikipedia.org/wiki/Physical_Address_Extension#Microsoft_Windows
Em edição 32 bits, as versões grande publico (Home, Pro) são limitadas à 4Go, enquanto que certas versões Profissionais (Server 2003 R2, Server 2008 Enterprise) geram até 64Go.

Conclusão


Não há solução para utilizar mais de 3GB de RAM em um PC (para consumidor) com o Windows, edição de 32 bits.

A solução para usar 4GB ou mais em um PC (para consumidor) consiste em passar para o Windows versão 64 bits: é a solução recomendada pela Microsoft.

Hoje em dia, muitos drivers e aplicativos são compatíveis com o 64 bits, principalmente, desde o lançamento do Windows 7.

A saber :

Para poder usar 4 GB de RAM ou mais com o Windows 7 de 64 bits, é preciso ativar a opção "Memory Remap Feature" no BIOS da sua placa-mãe. Em geral, esta opção é desativada por padrão:
4 GB de RAM e Windows 64 bits (em francês)


Tradução feita por Lucia Maurity y Nuira






Para uma leitura offline, é possível baixar gratuitamente este artigo no formato PDF:
Por-que-o-windows-nao-ve-os-4-gb-de-ram-instalados.pdf

Veja também

Na mesma categoria

¿Por qué Windows no detecta los 4 GB de RAM instalados?
Por Carlos-vialfa em 1 de março de 2010
Pourquoi Windows ne voit pas les 4 Go de RAM installés ?
Por marcmarais em 26 de janeiro de 2009
Artigo original publicado por marcmarais. Tradução feita por pintuda. - última modificação por ninha25
Este documento, intitulado « Por que o Windows não vê os 4 GB de RAM instalados? »a partir de CCM (br.ccm.net) está disponibilizado sob a licença Creative Commons. Você pode copiar, modificar cópias desta página, nas condições estipuladas pela licença, como esta nota aparece claramente.