O que é, como funciona e quais as vantagens da tecnologia Blockchain

Faça uma pergunta
Blockchain é uma tecnologia, um sistema, que garante transações invioláveis, graças ao poder de uma rede de usuários sem autoridade central de controle. Mas, de forma concreta, como funciona e por que ela é uma tecnologia tão segura?

Como dominar os conceitos básicos da cadeia de blocos e entender melhor seus mecanismos.



Criada em 2008 com a moeda digital Bitcoin, a cadeia de blocos é definida como uma tecnologia de armazenamento e de transmissão de informações onde a segurança das trocas é garantida pelos membros da rede. Em outras palavras, a cadeia de blocos pode ser comparada a um enorme banco de dados inviolável ou a uma espécie de grande livro de dados digital.

Como funciona uma cadeia de blocos

A grande particularidade da tecnologia Blockchain é que ela funciona sem um órgão central.

O princípio da distribuição

Ao invés das transações serem agrupados em um só lugar ou passar por um único intermediário, elas, sejam compra ou transferência de dinheiro, são distribuídas entre todos os membros de uma rede através do computador. Pode-se, também, falar de peer-to-peer.

O papel dos usuários

Uma cadeia de blocos pode ser pública e livre de acesso (como o Bitcoin), ou privada, aberto somente a membros autorizados.


Em todos os casos, os usuários estão no coração do processo, já que eles contribuem para a segurança das transações. Para tanto, sociedades ou particulares, chamados ‘mineiros’, são pagos para disponibilizar o poder de seus processadores para resolver cálculos ou algoritmos e assim garantir a validade dos blocos. Os computadores são referidos como ‘nós de rede’ e cada um tem uma reprodução da cadeia de blocos na qual participam.

Etapas de uma transação Blockchain

Quando uma transação é realizada, ela é agrupada com outras pessoas dentro de um bloco e não pode mais ser alterada: os mineiros validam o bloco graças a técnicas criptográficas; quando o bloco for validado, ele é adicionado à cadeia de blocos acessível a todos os usuários. Nada pode ser modificado ou excluído: será necessário adicionar uma nova transação em caso de erro; a transação é carimbada e finalizada.

Quais as especificidades e as vantagens do sistema Blockchain

Quais os princípios e benefícios do sistema Blockchain?

Segurança

O Blockchain é um sistema inviolável o que constitui sua principal vantagem. Como tudo é entrelaçado e interdependente, para conseguir piratear uma cadeia de blocos, seria necessário violar uma infinidade de bancos de dados diferentes (contados em dezenas de milhares) e não apenas um, uma vez que o dispositivo não é centralizado, mas distribuído.


Note também que um bloco é duplamente seguro porque uma transação requer duas chaves. Uma chave privada para criptografar uma transação e uma chave pública que serve como um endereço para definir o receptor. Cada transação é feita à prova de violação e não pode ser modificada.

Como manter a transparência

Todos os membros de uma rede participam da validação de trocas integradas em uma cadeia de blocos e contribuem para a verificação da solvência e confiabilidade dos transmissores e receptores das transações. Em caso de fraude, todos os usuários saberiam imediatamente. No entanto, os membros de uma cadeia de blocos não têm acesso a informações que não lhes dizem respeito. Os dados privados permanecem confidenciais e protegidos.

A garantia da autonomia

A infraestrutura de uma cadeia de blocos funciona de forma autônoma, já que o próprio princípio desta tecnologia exclui intermediários como um banqueiro que valida uma transação em troca de uma comissão.


No sistema Blockchain, são os programas informáticos e linhas de código que realizam as transações, sem intervenção humana. São programas autônomos capazes de executar contratos de acordo com regras definidas, por exemplo.

A tecnologia Blockchain na prática

A moeda digital Bitcoin é o primeiro exemplo da tecnologia Blockchain: eles foram construídos juntos. Mas o potencial da cadeia de blocos é o princípio da distribuição de transações, pois ao invés de centralizá-las oferece muitas outras perspectivas. São vários os campos de aplicação desta tecnologia: finanças: transferência de dinheiro, gestão de ativos, seguros; serviço público: desmaterialização de procedimentos, votação online; transações de energia; saúde: segurança dos registros médicos, luta contra medicamentos falsificados; rastreabilidade, melhoria do rastreio em diversos setores, alimentação, objetos conectados, materiais preciosos, etc.

Leia também: Meios de pagamentos alternativos para o e-comércio e Aplicações do Blockchain na empresa.

Foto: © Pixabay.
Jean-François Pillou

Jean-François Pillou - Fundador do CCM
Mais conhecido como Jeff, Jean-François Pillou é o fundador do CommentCaMarche.net. Ele também é CEO do CCM Benchmark e diretor digital do Grupo Figaro.

Mais informações sobre a equipe do CCM