iPhone 14: modelos, recursos, preço, data de lançamento

Poucos dias antes de sua apresentação oficial, o iPhone 14 é alvo de inúmeros rumores e vazamentos. Modelos, recursos, preço, data de lançamento. Confira o que já sabemos sobre o próximo smartphone da Apple.

O anúncio oficial do iPhone 14 vai acontecer, com certeza, durante a grande conferência anual da Apple no início de setembro. Veja o nosso artigo para saber mais. Já são muitos rumores e conjecturas sobre o sucessor do atual iPhone 13 e, até mesmo, sobre os seguintes modelos, aliás, o iPhone 15 e o iPhone 16!

Todos os elementos que vamos detalhar a seguir são apenas hipóteses, baseadas em informações divulgadas na web por meio de publicações de técnicos e analistas financeiros como Kuo Ming-Chi, Mark Gurman ou Ross Young que estão constantemente tentando desvendar os segredos da Apple, às vezes com sucesso. Certamente, são boas informações para quem está pensando em comprar um iPhone e saber se é melhor se apaixonar por um iPhone 13 agora ou se é melhor esperar mais um tempinho para se equipar com um modelo mais inovador. Então, aqui está o que já se sabe sobre o iPhone 14.

Qual design para o iPhone 14?

Com base nas evoluções de design dos modelos anteriores, o iPhone 14 será muito parecido com o seu antecessor, ele próprio uma cópia quase exata do iPhone 12. Espera-se, portanto, encontrar as bordas planas inauguradas por este último, cercando a tela e ocupando quase toda a superfície da face frontal. Por outro lado, podemos pensar que seremos capazes de distinguir facilmente o iPhone 14 Pro e Pro Max de seus antecessores, porque o famoso entalhe localizado na parte superior do meio, que apareceu pela primeira vez no iPhone X em 2017, seria substituído por duas perfurações: uma circular e um entalhe horizontal. Para se ter uma ideia, imagine a letra minúscula "i" colocada na horizontal, com o ponto à direita. Esses dois elementos perfurados na tela ocupariam o espaço do atual entalhe, ao mesmo tempo em que abrigariam os mesmos sensores essenciais para o bom funcionamento do iPhone: a perfuração circular para a câmera selfie e o "i" para o brilho, reconhecimento facial FaceID e sensores de proximidade (para desligar a tela quando você a aproxima do ouvido).

Características gerais

Embora seja quase impossível de detectar a olho nu, é possível que as telas do iPhone 14 e 14 Max sejam um pouco maiores que as do 13 e 13 Max. Isso, graças a borda mais fina contornando a tela, a diagonal do iPhone 14 aumentaria para 6,12 polegadas. Quanto aos modelos Max, eles aumentariam para 6,69 polegadas (em comparação com 6,68 para o 13 Pro Max). O nome provavelmente não mudará para permanecer oficialmente em 6,1 polegadas para o iPhone 14 e 14 Pro e em 6,7 polegadas para o iPhone 14 Max e 14 Pro Max.

Tela

No que toca a tela, o esperado é que toda a gama apresente a tecnologia ProMotion, que permite ao iPhone variar a taxa de atualização da tela dependendo do uso. Por exemplo, ir de 10 imagens por segundo quando você está apenas lendo uma página da web, por exemplo, até 120 imagens por segundo assim que você tocar na tela para rolar a página da web. Isso permite animações muito mais agradáveis, além de melhorar a vida útil da bateria, permitindo que o iPhone "descanse" quando a tela não precisar ser animada. Esta tecnologia, inaugurada pelo iPad Pro, está atualmente reservada para os modelos Pro no iPhone 13.

E, mesmo que os boatos se confirmem, vale lembrar que o iPhone 14 Pro não seria o primeiro smartphone a oferecer uma alternativa de entalhe. Do lado do Android, Samsung, Xiaomi, OnePlus e outros que oferecem modelos há vários anos tentando reduzir a área ocupada pelos diferentes sensores. Mas nenhum deles já ofereceu um sistema de reconhecimento facial tão preciso e seguro quanto o do iPhone. Isso provavelmente explica a dificuldade da Apple em mudar o tamanho do famoso entalhe, mesmo que o do iPhone 13 já tenha sido reduzido.

Processador

A mudança mais importante, mais esperada, em termos de potência do iPhone 14 pode ser a implementação de chips com tecnologia de 3nm, que também garantem menor consumo de energia e menor aquecimento do aparelho. Este chip sucessor do A15 só poderia estar disponível para os modelos mais caros, já que o atual supera os de dispositivos Android em capacidade. Isso poderia dar a eles uma vantagem de mercado de baixo custo, pelo menos por mais alguns anos.

RAM

Há boatos que apontam para um aumento de memória RAM, que seria de 6GB para os modelos mais completos, garantindo assim maior velocidade. No que diz respeito à memória interna, especula-se que possa aumentar para 2TB; isso, é claro, nos modelos Pro e Pro Max.

Bateria

A bateria também pode alvo de melhorias entregando um carregamento veloz e duradouro. A porta permaneceria Lightning apesar da crescente tendência de unificar as portas de dispositivos eletrônicos para USB-C.

Sensores: foto e vídeo

Quanto à parte traseira, é esperada a mesma unidade fotográfica agrupando as três lentes, ainda bem grandes, ou até maiores do que a do iPhone 13. Pudemos ler nos rumores a ideia do retorno de um iPhone plano, ou seja, sem esta unidade óptica. Provavelmente teremos que esperar o iPhone 15 ou o iPhone 16 para encontrar um iPhone desse tipo, porque para melhorar a qualidade das fotos, é necessário ampliar os sensores para que eles possam coletar mais luz (veja mais adiante a espessura e os recursos fotográficos do próximo modelos iPhone 14) e, para isso, as lentes objetivas devem respeitar uma distância física mínima para que a luz que passa por elas ilumine toda a superfície do referido sensor fotográfico. Mas então, como conseguir isso para o iPhone 15 e 16? Usando um periscópio! Sim, como em um submarino, mas não da maneira que você provavelmente imagina. Nenhuma questão aqui de uma lente motorizada que se desdobraria para fora. Aqui, a luz captada pela lente não seria direcionada diretamente para o sensor fotográfico, mas primeiro para um espelho ou prisma orientado a 45° que conduz a luz em direção ao sensor colocado mais adiante, dentro do smartphone.

O tamanho maior do bloco óptico é um dos passos necessários para melhorar a qualidade das fotos. Ele permite que o iPhone carregue um sensor maior e deixe entrar um pouco mais de luz, duas condições essenciais para obter melhores imagens. Basta ver a evolução dos diferentes modelos ao longo dos anos para entender a evidência da tendência. Lembre-se: o iPhone foi o primeiro modelo a incluir uma lente saindo do chassi. E, novamente, projetava-se apenas um pouco menos de um milímetro, em comparação com mais de quatro atuais.

Tamanhos e modelos do iPhone 14?

O iPhone 13 já havia marcado um ponto de ruptura na busca frenética da Apple pelo cada vez mais fino. Enquanto a espessura do iPhone 12 e 12 Pro caiu para 7,4 mm – contra 8,3 e 8,1 para o iPhone 11 e 11 Pro – o iPhone 13 e 13 Pro subiu para 7,65 mm. Não parece muito, mas foi isso que permitiu que o iPhone 13 realmente ganhasse autonomia. O iPhone 14 é esperado com uma espessura de 7,85 mm!

E esse excesso de peso também afetaria os blocos ópticos, ou seja, os crescimentos localizados na parte traseira do iPhone e que reúnem as lentes, o flash e um dos microfones. Assim, a espessura total ao nível das câmaras aumentaria de 11,25 mm para o iPhone 13 Pro para 12,02 mm para o iPhone 14 Pro. Da mesma forma, a área ocupada por todo o bloco de fotos também cresceria de 35,01 mm x 36,24 mm para 36,73 mm x 38,21 mm.

Assim como o iPhone 13, a oferta do iPhone 14 deve ser composto por quatro modelos, mas com diferença de tamanho, em mais de um! O iPhone 12 mini e 13 mini aparentemente não são muito populares, então provavelmente não haverá um Phone 14 mini. Por outro lado, para os compradores que preferem telas grandes, deve aparecer um segundo modelo Max, equipado com uma tela diagonal de 6,7 polegadas (17 cm). Lembre-se de que os modelos "não-Max" oferecem uma tela diagonal de 6,1 polegadas (15,5 cm). Ou seja, se acreditarmos também na foto abaixo que talvez mostre os primeiros modelos das telas dos próximos modelos, a gama do iPhone 14 deverá assim ser composta da seguinte forma: iPhone 14, iPhone 14 Max, iPhone 14 Pro e iPhone 14 Pro Máx. Isso significa, portanto, que os fãs do maior iPhone possível não precisarão mais recorrer ao modelo mais caro da linha. Bom para eles mesmo que, claro, não devamos esperar que o iPhone 14 Max seja barato por tudo isso! Para um iPhone mais compacto, você terá que recorrer ao iPhone SE 3, a menos que o iPhone 13 mini permaneça no catálogo, como é o caso hoje do 12 mini.

Qual será o preço do iPhone 14, iPhone 14 Pro e Max?

Os preços do iPhone 14 deverão ser pelo menos comparáveis ​​aos do iPhone 13. No entanto, o fortalecimento do dólar em relação ao euro, a inflação global e outros fatores econômicos podem influenciar o aumento de preços dos novos produtos da Apple. Alguns esperam esperam um aumento de preço de até US $ 100 nos modelos Pro e Pro Max para o iPhone 14.

Foto: © letsgodigital.org

Veja também
Este documento, intitulado 'iPhone 14: modelos, recursos, preço, data de lançamento', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.

Assine nossa newsletter!

Assine nossa newsletter!