2
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

Como criar uma máquina virtual com o VirtualBox

Você gostaria de utilizar vários sistemas operacionais em um único computador? Isso só é possível se você criar uma máquina virtual. Com ela, você poderá virtualizar diversos sistemas operacionais no seu computador. O VirtualBox é uma ferramenta gratuita que ajudará nessa tarefa. Veja como usá-la.




Por que criar uma máquina virtual

Criar uma máquina virtual pode ser útil se, por exemplo, o usuário quiser usar um programa executado em um sistema operacional diferente do seu ou se precisar testar softwares sem congestionar o seu sistema. Uma máquina virtual também ajuda o desenvolvedor a testar a compatibilidade de seus programas com diferentes sistemas operacionais.

Como criar uma máquina virtual com o VirtualBox

Para começar, baixe e instale o VirtualBox aqui. Depois de abrir o VirtualBox, clique no botão Novo, na barra de ícones, para criar uma nova máquina virtual:



No menu que se abre, atribua um nome para a sua nova máquina e selecione o tipo e a versão de acordo com sua preferência. Em seguida, confirme clicando em Próximo. Nesse exemplo, demos o nome de Win AS e selecionamos o tipo Microsoft Windows e a versão Windows 7 (32 bits):

centro


No menu seguinte, especifique a quantidade de memória RAM que você pretende atribuir à máquina virtual. Vale sempre seguir a recomendação do software - nesse caso, 512 MB - e nunca optar por um valor abaixo dessa indicação. No entanto, não ultrapasse o limite recomendado, não entre na zona vermelha, pois o sistema não pode não funcionar corretamente. Clique em Próximo para confirmar:



O menu seguinte permite atribuir o espaço que sua máquina virtual ocupará no HD. Como no menu anterior, um tamanho recomendado já foi selecionado: 25 GB, no nosso exemplo. A caixa de seleção Criar um disco rígido virtual também já foi marcada, basta clicar no botão Criar:



Agora, você deverá escolher um tipo de arquivo de disco rígido para o disco virtual. Se você não estiver usando nenhum outro software de virtualização, deixe a seleção predefinida (VDI, no nosso caso) e clique em Próximo:



Em seguida, selecione a caixa Dinamicamente alocado. Essa opção ajustará, automaticamente, o espaço reservado em disco, de acordo com seu uso (algo bem mais prático do que manter um tamanho fixo possivelmente desocupado). Em seguida, clique em Próximo:



Para terminar, se for preciso, selecione o tamanho máximo que seu disco virtual pode chegar e clique em Criar para concluir a criação de sua máquina virtual:



A sua nova máquina aparecerá no painel da esquerda do menu principal do VirtualBox. Resta agora configurá-la.

Como configurar sua máquina virtual

Selecione a sua máquina virtual recém-criada no painel esquerdo e clique no menu Configurações (ícone amarelo de roda dentada):



Feito isso, na coluna à esquerda, clique na opção Sistema. Na aba Placa-Mãe, marque a caixa Habilitar o I/O APIC. Não mexa nas demais configurações dessa seção:



Para concluir a configuração de sua máquina, clique em Monitor no painel à esquerda. Depois, na aba Tela e marque as caixas Habilitar Aceleração 3D e Habilitar Aceleração de Vídeo 2D:



Com isso, é provável que sua máquina esteja pronta. No entanto, é possível, que o software informe, na barra inferior da janela das Configurações que há problemas impedindo a configuração da máquina. Para saber qual o problema, passe o cursor sobre os ícones ao lado de Configurações inválidas detectadas Solucione os problemas e confirme clicando em OK:


Instalar o sistema operacional

Para começar a iniciar sua máquina virtual, já criada e configurada, basta clicar no botão Iniciar (ícone de seta verde) na barra superior do VirtualBox. Da primeira vez em que você for utilizar o sistema, também será necessário instalar o sistema operacional. Para isso, é preciso que você tenha um arquivo de imagem ISO do sistema.

Em caso de sistemas com licença livre, como o FreeBSB e as diferentes versões baseadas no Linux, basta acessar os sites oficiais das empresas e baixar o arquivo ISO correspondente ao sistema operacional que você criou.

Já no caso do Windows ou outros sistemas pagos, é preciso adquirir uma licença de uso associado a uma chave de produto para utilizar a versão autêntica e legal do sistema.

Foto: © VirtualBox.

Veja também

Este documento, intitulado 'Como criar e utilizar uma máquina virtual com o VirtualBox ', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.

0 Comentário