2
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

FIFA 22: como a tecnologia next-gen mudou a gameplay; o trailler

<ital>A gameplay FIFA 22 foi baseada no Machine Learning para maior realismo e responsividade na movimentação dos atletas. Um trailer destaca as tecnologias aplicadas em sua versão nest-gen, particularmente, com o recurso HyperMotion para consoles PlayStation 5 e Xbox Series X|S e Google Stadia. Veja, em vídeo, a jogabilidade que espera por você. Atenção! Não perca o encontro marcado para o dia 1 de outubro de 2021.

A fantástica atualização das animações do FIFA 22

Em primeiro lugar, vale destacar que a funcionalidade implica em maior qualidade nas gravações, realizadas em vários momentos em que os 22 jogadores estavam em ação – foram aproveitados passes, carrinhos e arrancadas para aumentar a jogabilidade em 4,4 mil novos movimentos no jogo. O resultado, além dos movimentos realistas, são comandos prontamente reativos e confrontos com movimentos físicos perfeitos. Isto foi conseguido alimentando-os com dados de 8,7 milhões de frames de partidas reais de futebol.

Animações completamente responsivas

Assista o trailer da gameplay antes da continuidade do texto:

Depois de assistir o vídeo, pode-se observar que, no mínimo, as tecnologias aplicadas tronaram as animações mais responsivas, inclusive podendo configurar jogadas em tempo real.

Vale, ainda destacar um recursos chamado de I.A. Tática, que permite que os atletas sejam controlados pela CPU. Mas o que faz esse recursos? Simplesmente, deixa-os mais inteligentes, o que se pode notar a ‘olho nu’: maior número de decisões por segundo, ou seja multiplicadas por 6. Os gamers irão sentir a diferença, certamente.

Note que no PC, Xbox One, PS4 e Switch, a jogabilidade não ganhou a tecnologia HyperMotion.

Foto: © Electronic Ars.

Este documento, intitulado 'FIFA 22: como a tecnologia next-gen mudou a gameplay; o trailler', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.

Assine nossa newsletter!

Receba toda semana o melhor conteúdo

Assine nossa newsletter!