A bola de futebol conectada que detecta impedimentos estreia na Copa do Mundo 2022

A FIFA pretende acabar com os impedimentos contenciosos graças a uma bola conectada e dezenas de câmeras na próxima Copa do Mundo de Futebol. Ela vai usar um sistema de alta tecnologia desenvolvido pela Adidas. Conheça a bola inteligente Al Rihla, a tecnologia vedete do evento mundial de 2022 no Catar

A Copa do Mundo de Futebol é uma competição realizada, tradicionalmente a cada quatro anos no início do inverno do hemisfério sul. Neste ano pela primeira vez, a edição de 2022, anulada, acontecerá no Catar (Qatar em inglês) a partir de 21 de novembro. Mas não é só isso que mudou, tem mais novidade esperando por você.

A tecnologia ao serviço do futebol

O esporte tem se servido da tecnologia depois de alguns anos já, seja com a tecnologia da linha de gol – que permite saber com certeza através de sete câmeras de alta velocidade se uma bola cruzou ou não a linha de gols – ou com a Assistência de Arbitragem por Vídeo desde2018. Elas permitem que decisões mais justas sejam tomadas mais rapidamente. Agora, entra em campo a bola conectada para detectar impedimentos. Com certeza uma novidade tecnológica que provocará um furor!

Um grande sistema para um grande evento

A FIFA, em parceria com a Adidas, anunciou um novo sistema semiautomático de detecção de impedimento. O presidente da Federação, Gianni Infantino, disse na Visão 2020-23 que a FIFA continuará a usar a tecnologia no futebol moderno para otimizar ainda mais a Arbitragem Assistida por Vídeo para permitir que os árbitros tomem decisões mais rápidas, precisas e consistentes em situações de impedimento. Esta nova tecnologia é baseada em um sistema de doze câmeras colocadas sob o teto do estádio com o objetivo de seguir a bola e os jogadores para determinar sua posição exata em campo. Pasmem, haverá um total de 29 pontos de dados verificados 50 vezes por segundo!

Como é a bola conectada Al Rihla da Adidas

O sistemas das câmeras será complementado pela bola conectada Al Rihla da Adidas. Os destaques dessa bola são:

  • Estrutura com tecnologia TSBE: esta tecnologia permite criar uma superfície sem costuras permitindo toques de bola mais certeiros.
  • Câmera de BUTIL: ela garante que esta bola permaneça inflada por mais tempo.
  • Selo de certificação FIFA QUALITY: a bola foi aprovada pela FIFA nos testes de circunferência, peso, rebote e absorção de água.

Como funciona a bola conectada da Adidas

A bola Al Rihla possui um sensor de unidade de medição inercial (IMU) colocado em seu centro que envia dados para a sala de visualização 500 vezes por segundo, fornecendo detecção altamente precisa de exatamente quando a bola é jogada. É assim que as duas tecnologias - câmeras e bola - combinadas permitem saber com precisão se houve impedimento. E, a boa notícia é que todos os dados serão transmitidos nas telas do estádio e nas telas de televisão na forma de uma animação 3D. Gianni Infantino explica que "a tecnologia de detecção de fora-de-jogo semi-automatizada é uma evolução dos sistemas de assistência aos árbitros de vídeo implementados em todo o mundo. Esta tecnologia é o culminar de três anos de pesquisas e testes que visam proporcionar as melhores condições possíveis para as equipes, jogadores e adeptos que vai viajar para o Qatar." Veredito em poucos meses!

Foto: © Adidas.

Este documento, intitulado 'A bola de futebol conectada que detecta impedimentos estreia na Copa do Mundo 2022', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.

Assine nossa newsletter!

Assine nossa newsletter!