Conservar e reparar Mac OS 10




Manutenção de base

Rotinas de limpeza regulares, denominadas "Daily, Weekly, Monthly" ("diário, semanal, mensal") são programadas por padrão no modo automático para serem realizadas durante a noite, as três horas da manhã. Estas análises de rotinas apagam arquivos do sistema ou os caches que tornara-se desnecessários. Trata-se de expurgos periódicos. Estas rotinas são também chamadas de "scripts de manutenção ".

Mas, a maior parte dos Mac estão desligado ou em repouso naquela hora da noite, então, essas rotinas de manutenção não são realizadas para a maioria dos usuários.


Por esta razão e já que esses expurgos não são, na maioria dos casos, nunca realizados em intervalos regulares, é possível forçar manualmente ou reprogramá-las para outros momentos do dia.

Na verdade, a "limpeza" é feita por Cron, um aplicativo do sistema ou melhor, um daemon que roda em background e se encontra em um arquivo chamado crontab, que estabelece os horários de execução.

Ao modificar o arquivo crontab, você pode alterar a programação das tarefas.

A Modificação que pode-se fazer com o Croonix são, por exemplo, para gerenciar estas rotinas. Existem outros utilitários, como por exemplo :


Macaroni

MacJanitor

Pode-se também utilizar os comandos do terminal para forçar a execução destas tarefas.
Pessoalmente, eu utilizo o Cronix para reprogramar estas tarefas.

Para informações complementares, veja estas páginas da Apple :

Concerne as rotinas de manutenção

Os Conselhos da Apple para a manutenção

Pode-se fazer simplesmente se contentar em forçar esta limpeza, mas quando o desejo surge, digamos uma vez por semana - com um utilitário que fera esta operação de limpeza a mais, como reparar as autorizações do disco, esvaziar os cachês, expurgar os históricos, etc...

Por exemplo, o botão Automation d'Onyx permite fazer uma limpeza completa, depois de ter marcado todas as casas da página Automation, a não ser a caixa "Exibição do conteúdo das pastas " para evitar de ter de parametrizar suas preferências, depois clicar em Executar.

Note que em seu lançamento, Onyx propõe verificar o estado S.M.A.R.T. e a estrutura do volume do disco de lançamento. Verificar o estado S.M.A.R.T. do disco de lançamento consiste em verificar se este disco está em estado mecânico normal ou se ele começa a dar sinais de fraqueza.

Um outro software muito prático, para lançar tarefas de rotinas, verificar a integridade dos arquivos de preferência, limpar os caches e muitas outras coisas ainda, é o iTweax, disponível aqui

As diferentes etapas de reparo do disco de lançamento

Lançamento das extensões desativadas

Reinicie o Mac mantendo pressionada a tecla Shift até a exibição do lançamento que começa indicando que o Mac OS 10 começa com as extensões de deficiência. Durante esta fase, o Mac vai fazer pequenos reparos possíveis.

Assim que o Mac estiver pronto, reinicie-o normalmente.

Note que se você começar com as teclas cmd e V pressionada, o Mac vai começar em "Verbose modo" isto é, exibindo na tela as diversas fases de arranque, às vezes, pode ajudar a localizar o problema. (NB: a tecla cmd também é chamada a tecla Apple. Essa é a chave colocada ao lado da barra de espaço).


Se o reinício das extensões desativadas não resolveu o problema, prossiga com as seguintes etapas.

NOTA: Continue depois de desligar todos os dispositivos. Deixe somente o teclado e o mouse Apple conectados. Em alguns casos mais difíceis, pode até ser necessário remover outras placas instalados no Mac.

Lançamento e reparação a partir do CD ou do DVD de instalação do Mac OS

Insira o CD1 ou o DVD de instalação do Mac OS.

Reinicie o Mac mantendo a tecla C pressionada até obter a tela de lançamento

Na abertura da janela de diálogo, não lançar a instalação

V na barra dos menus para escolher «Utilitário do disco»

Na janela de diálogo do utilitário do disco que acaba de se abrir, escolha a guia «S.O.S»

Na parte esquerda da janela, selecione o disco rígido de lançamento do Mac

Na parte inferior direita, clique no botão «reparar o disco»

Espere o final do trabalho

Se, no final do processo, a mensagem indica que as reparações foram efetuadas relance o processo, se a mensagem é que o disco rígido passou a verificação e que o disco parece estar em bom estado, sem indicar que reparações foram efetuadas, então acesse a barra de menu e escolha reiniciar o Mac.

Relance assim quantas vezes for necessário para todas as reparações até que a mensagem indicar que o disco passou a verificação e que parece que tudo está bem sem indicar se foram executadas reparações.

Depois que o Mac reiniciar normalmente no disco rígido, abra mais uma vez o Utilitário do disco que se encontra na pasta Aplicações/Utilitários e lance uma reparação das autorizações do disco.

Lançamento em "Single User mode" e procedimento "fsck" (sem o disco de instalação)

Lance o Mac mantendo as duas teclas cmd e S pressionadas.

O Mac vai iniciar e a tela vai se encher de linhas de textos (linhas Unix).

Quando o Mac acabou e que você está fez tudo o que devia - Note que o teclada está no modo Qwerty neste momento e que você deve respeitar a casa e os espaços.

Digite fsck -fy

Valide pela tecla Entrada.

Espere o resultado.

Se no final do trabalho, perto do final da mensagem de resultado, você vê uma linha onde está escrito : FILE WAS MODIFIED, então relance o processo digitando novamente fsck -fy e valide pela tecla Entre.

Quando os reparos se terminarem e que você não tenha mais que lançar o processo, você não deverá mais ter a indicação "FILE WAS MODIFIED", mas outras mensagens, então:

Digite reboot

Valide pela tecla Entre

O Mac vai reiniciar normalmente.

Para informações complementares, veja esta página da Apple
Problemas de arranque e manutenção de discos Apple

Em caso de insucesso das reparações

Se os problemas persistirem ou que a reparação do disco rígido não tenha sido possível, é preciso :


Reinstalar o sistema seguindo o sistema seguindo o procedimento Archiver e Installer, de maneira a conservar todos os seus parâmetros, regulagens, e sobretudo preservar seus arquivos. Veja : Instalar o Mac OS 10.6 Leopard

Utilizar um programa capaz de reconstruir o Directory do disco rígido. O mais eficaz nesta situação me parece ser DiskWarrior; trata-se de um software comercial relativamente caro mas eficiente; eu o utilizo de tempos em tempos como prevenção e isto da bons resultados no sistema.

Tradução feita por Ana Spadari
Artigo original publicado por jak58. Tradução feita por ninha25. Última modificação: 7 de maio de 2015 às 15:31 por ninha25.
Este documento, intitulado 'Conservar e reparar Mac OS 10', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (https://br.ccm.net/) ao utilizar este artigo.
Atalhos com os símbolos no Mac
Como fazer a chave no Mac