Windows 8 - A barra de tarefas e as janelas

Outubro 2017

A barra que sempre está presente na margem inferior da tela do computador é a chamada barra de tarefas. Nessa dica, vamos falar dela e das janelas - mecanismo clássico do sistema Windows - já que ambas estão associadas no funcionamento do Windows 8.


As interações entre as janelas e as barras de tarefas

Se você já manuseou um pouco um computador com o Windows. você já deve ter visto as janelas. Veja um exemplo bem simples:



Tudo o que você usar no seu computador quando estiver na área de trabalho, aparecerá dentro de uma janela, seja o navegando ou utilizando um programa. O nome Sistema Operacional: Windows (janelas, em Inglês) se origina deste detalhe. Mas como manipulá-las?


Comecemos abrindo uma janela, só como exemplo. Na minha barra de tarefas, por enquanto, só tem dois botões. Clique no ícone das pastas/arquivos, o da direita, no meu caso. Isso abrirá o Windows Explorer (não se preocupe com o conteúdo dessa janela, por enquanto). Você verá que o botão na barra de tarefas mudou de aparência:


Um quadrado apareceu em torno do ícone, o que significa que a janela deste programa está aberta.

Reduzir uma janela

Clique novamente no mesmo botão. A janela desaparece, mas a moldura em torno do botão permanece. Isto significa que a janela não está realmente fechada mas apenas oculta. Diz-se que ela foi reduzida ou minimizada. Clique mais uma vez neste botão e a janela voltará para o primeiro plano.

Isso pode ser muito útil para acessar a sua área de trabalho sem fechar a sua janela (o que faria com que você perdesse o trabalho em andamento). Com muitas janelas abertas ao mesmo tempo, o uso deste recurso da barra de tarefas será indispensável. Você também pode minimizar uma janela usando o botão do canto superior direito da janela:


Visualizar uma janela

Melhor ainda, é possível visualizar uma janela aberta, sem precisar clicar. Minimize a janela do Windows Explorer (agora você já sabe fazê-lo) e deixe parado o cursor do mouse no botão em questão:



Você terá uma visualização miniatura da sua janela, sem precisar passá-la para o primeiro plano.

Mover janelas

Para mover uma janela, clique na parte superior da janela (onde fica o seu nome, veja a imagem abaixo), mantenha o clique pressionado e arraste o mouse para movê-la. Solte o botão para largar a janela onde você quiser:



Mudanças de tamanho

Para terminar a apresentação das janelas, veja como mudar o seu tamanho. Se você colocar o cursor do mouse em um dos quatro cantos de uma janela, ele mudará de aparência. Isso significa que você pode redimensionar a janela mantendo o botão esquerdo do mouse pressionado e movimentando o cursor:



Para que uma janela seja maximizada, clique no botão abaixo:


A janela vai ocupar a tela inteira (exceto a barra de tarefas).

Dica: existe um truque para redimensionar a janela, automaticamente, para que ela ocupe apenas metade da tela. Para isso, mova a janela o máximo possível para a esquerda (ou para a direita) da tela, como se você quisesse tirá-la da tela:


Quando você visualizar a estrutura da janela, solte o mouse: a sua janela vai se mover para o lado esquerdo (ou direito) da tela. Esta técnica é muito útil, especialmente quando você quer abrir duas janelas lado a lado. Você verá, isso vai acontecer com você. Você pode fechar a sua janela, não vamos precisar mais dela. Para isso, use o seguinte botão:


Mover um botão na barra de tarefas

Você pode mover os botões dentro da barra de tarefas. Para isso, clique e mantenha pressionado o botão esquerdo do mouse sobre um dos ícones e arraste-o para a direita, ou para a esquerda, conforme sua escolha:



Voltar rapidamente para o desktop

Na parte inferior direita da tela há uma pequena área que pode passar desapercebida. Clique neste botão oculto e todas as janelas serão minimizadas, com um só clique. Isso é muito útil quando várias janelas estão abertas e você precisa acessar a área de trabalho. Clique novamente no botão para que as janelas voltem para o primeiro plano, como eram antes:


Para terminar, saiba que todas as manipulações vistas aqui são válidas para todas as janelas (e não apenas para as do nosso exemplo).

Foto: © Microsoft.
Publicado por pintuda. Última modificação: 20 de outubro de 2017 às 16:17 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Windows 8 - A barra de tarefas e as janelas', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.