Feed de notícias para a empresa

Dezembro 2016


O desenvolvimento da Web 2.0 (uma Internet mais participativa e reativa), oferece às empresas, com os feeds RSS, uma ferramenta importante em suas estratégias de marketing. Os feeds RSS também são elementos práticos do monitoramento e do trabalho colaborativo.

Resumo:

Funcionamento de um feed RSS


O formato RSS (Really Simple Syndication) é um padrão usado para obter atualizações (textos, som, imagens, vídeo, etc) de um site no formato XML. Um feed RSS contém o título da informação, uma breve descrição e um link para consultar.

Vantagem:

Ver em um só lugar as mais recentes atualizações para dezenas ou centenas de sites sem precisar visitá-los. O usuário escolhe entre os seus interesses e sites favoritos.

O padrãoRSS é usado para transmitir alertas, atualidades, atualizações de blogs, etc. Milhões de informações estão disponíveis para o usuário em feeds RSS, tais como:
  • O valor de uma moeda
  • O tempo
  • Ofertas de viagens
  • Rceitas de cozinha


A lista é interminável...

Para receber um feed RSS em seu computador, o usuário se inscreve no fluxo. Um agregador com download on-line age como a interface (assim como as últimas versões dos navegadores). Você também pode seguir um feed RSS pelo telefone celular com conexão à internet.

Agregadores de feeds RSS



Para reunir seu conteúdo (e aumentar a sua notoriedade), um website publica um feed RSS, criando um roteiro que recupera informações a serem publicadas no feed, em um arquivo XML no formato RSS.

Ferramenta de criação de um feed RSS



Observação:

Um formato parecido mas alternativo, Atom, suportado pelo Google. A maioria dos agregadores de feeds são compatíveis com esses dois formatos.

Lista de agregadores de feeds RSS

Motores de busca de deeds RSS


Retronimo
Plazoo

Gerador de feeds RSS
Indexweb

Feed RSS como ferramenta de marketing


Mesmo que a instalação de um feed RSS não represente nenhum problema técnico, a empresa que quiser utilizá-lo como uma ferramenta de marketing deve levar dois aspectos em conta:

1. O marketing de permissão


A estratégia de marketing baseada no consentimento do consumidor de receber informações sobre uma marca ou uma empresa. A empresa que utiliza a prática de marketing direto.

2. O RSS marketing


Com a ferramenta de RSS, é preciso dominar quatro etapas, cujo desempenho individual determina o sucesso da estratégia implementada:
  • Inscrição
  • Difusão
  • Relatório
  • SEO


Assim, muitos comerciantes ainda utilizam quase exclusivamente o RSS como uma ferramenta de SEO, sem beneficiar de suas vantagens de marketing.

Ao abrir um blog, a empresa facilita o intercâmbio e a relação marca-clientes. O feed RSS permite que os assinantes não percam as últimas publicações. Um blog atualizado regularmente (e, portanto, o fluxo) promove uma boa classificação no Google. O poder viral bem desenvolvido de um feed RSS torna um meio muito eficaz de fidelização.

Observação:

O usuário pode, anonima e automaticamente, se inscrever em um feed RSS para avaliar a sua qualidade, sem ser referido por um vendedor, um website, etc. Para a empresa, à qualidade do conteúdo divulgado pelo feed é adicionado o domínio do programa de marketing RSS em si.

O feed RSS como ferramenta de colaboração e de monitoramento


O uso do feed RSS simplifica a inteligência de marketing, estratégica, competitiva, automatizando as ações. Poupa tempo fazendo economia.

Os intranets podem usar os feeds RSS para otimizar métodos de colaboração na empresa:
  • Criação de uma plataforma de blogs (espaços privados para o trabalho colaborativo)
  • Os feeds RSS permitem que você crie grupos de trabalho transversais


Existem soluções em modo hospedado ASP (Application Service Provider, aluguel de softwares).

O feed RSS como ferramenta de CRM


Graças à sua flexibilidade, o feed RSS age em parceria com os e-mails e boletins informativos (newslettres). O acesso a um feed RSS pode ser reservado. No contexto do CRM (Customer Relationship Management), a empresa encontra diversas aplicações com os feeds RSS. Ela pode divulgar suas informações para:
  • uma frota de clientes
  • funcionários
  • uma rede de distribuidores
  • uma rede de sócios/partners


Os feeds RSS podem ser usados em necessidades muito específicas, tais como:
  • Colocar on-line uma nova linha de produtos conforme sua produção
  • Manter em dia uma tabela de preços para a rede de sócios
  • Listar os últimos pontos resolvidos pelo apoio
  • Comunicar sobre a vida da empresa (contratos, inovações, aquisições, etc).

Feed RSS e responsabilidade


Até que ponto você é responsável pelas informações publicadas em seu site profissional através da reunião de conteúdos ? Que pena você pode incorrer se você publicar um feed RSS difamatório ou violar a privacidade de alguém ?

Em 28 de Fevereiro de 2008, o Tribunal de Grande Instância de Nanterre deu razão a Olivier Dahan, diretor do filme "La Vie en Rose". Olivier Dahan criticou Eric Duperrin, o responsável do site "lespipoles.com" de ter postado, como feed de notícias, um artigo sobre seu suposto caso com uma atriz americana. O link do RSS direcionava para o site da revista Gala.

Conclusão: A sindicalização de um feed RSS podem resultar na responsabilidade do editor do site, se os feeds RSS violam a privacidade de terceiros.

Os danos são baseados na gravidade da infração e do conteúdo visível (se for um simples link, há pouco risco, se acompanhada por um título e um chapéu, é provável que corra mais riscos).

Você, como webmaster e editor do seu site profissional, é que deve controlar as informações veiculadas pelos feeds RSS. E para limitar os riscos, reuna apenas feeds de fontes oficiais.

Tradução feita por Lucia Maurity y Nouira

Veja também

Artigo original publicado por . Tradução feita por pintuda. Última modificação: 28 de novembro de 2012 às 18:01 por pintuda.
Este documento, intitulado 'Feed de notícias para a empresa', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.