Reconhecer os conectores da minha fonte de alimentação

Agosto 2017

Esta dica destina-se a todos aqueles que se ficam perdidos entre os diversos conectores de uma fonte de alimentação, de PC, moderna.


1- Breve descrição do rótulo



O mais importante é a referência colada na lateral, que um especialista, dependendo do fabricante, pode identificar o modelo:

Nosso exemplo :
SP-ATX-650WTN-PFC
SP = a marca (Spire)
ATX = o padrão de alimentação.
650WTN = a potência da alimentação, em watts.
PFC = Power Factor Correction (correção do fator de potência, ativo ou passivo, presente em todas as fontes de alimentação)

Neste caso, a identificação é simples, o fabricante deixa até o seu endereço Internet, mas não é sempre o caso e, raramente, nos modelos chamados "noname" (sem marca identificada)

Se você quiser saber mais sobre a sua fonte de alimentação, não hesite em perguntar no fórum técnico (item "Hardware"), indicando as informações, como descrito acima; um perito não deixará de responder.

2- Os conectores


É aquele que faz a alimentação da placa-mãe, antes com 20 pinos, o padrão atual tem 24. É quase sempre constituído por um bloco de 20, no qual se pode adicionar um bloco de 4 pinos. Isto, para respeitar a retro-compatibilidade com as antigas placas-mãe, com conectores de 20 pinos.

Foto com conector 20 + 4 desligado:

Este conector, chamado "ATX-P4" (ou ATX 12V), foi introduzido pela Intel para o Pentium 4 (daí seu nome), ele se conecta na placa-mãe e é, exclusivamente, reservado, à alimentação do microprocessador; sem ele, o arranque do PC, é impossível.

Hoje, a maioria das placas-mãe passam de 4 para 8 pinos, já que a potência dos microprocessadores evoluiu, desde então. Nos mais recentes padrões de alimentação, isso significa um conector 8 de pinos (chamado, às vezes, de EPS 12V), composto por dois blocos de 4 pinos, aí também para garantir a compatibilidade com placas antigos, e o tradicional "ATX P4".

Conector ligado:


O mesmo conector, desligado:

É o mais tradicional, ainda muito presente em todos os PCs, por vezes usado diretamente na placa-mãe (MSI), é utilizado para ligar o disco rígido e todos os tipos de unidade (leitor /gravador). Algumas placas gráficas podem precisar se conectar, também.
Para aqueles que precisam, é possível encontrar, sem dificuldades, conectores/adaptadores molex/sata.

Em segundo plano, podemos distinguir um sobrevivente: O conector necessário para um velho leitor de disquetes...

Apareceu com o padrão do mesmo nome, tornou-se indispensável, já que está presente em todos os PCs modernos. Uma fonte de alimentação, digna deste nome, deve ter, no mínimo 4, hoje em dia. Serve, principalmente, para a alimentação dos discos rígidos e gravadores, com padrão SATA.

A potência das placas gráficas continua a crescer e, muitas delas exigem, hoje em dia, uma alimentação direta do bloco principal (às vezes, até dois).
É o papel deste conector. No início, com 6 pinos, encontramos cada vez mais com oito pinos.
Se você está pensando em comprar uma placa gráfica poderosa, cuidado com este ponto: A sua fonte de alimentação deverá ter, pelo menos, dois conectores PCI Express, no qual um, conversível 6/8 pinos, conforme abaixo:


Se a sua fonte de alimentação não tem conector de 8 pinos, existem adaptadores de 6 para 8:


Da mesma forma que existem adaptadores molex para PCI Express, se você não tiver nenhum em sua fonte de alimentação:

3 - Atenção


Cuidado, mesmo assim: O uso destes adaptadores não é recomendado e supõe que a alimentação seja de boa qualidade e, principalmente, que tenha uma potência suficiente para poder alimentar placas gráficas modernas. Nada melhor do que uma alimentação concebida, desde o início para isso e, originalmente, com conectores adequados. Em caso de dúvida, é preferível trocar, porque os riscos com uma fonte de alimentação de má qualidade e que queime, não são neutros: eles podem causar danos irremediáveis ao computador e seus componentes, assim como um risco Incêndio em casos graves. Peça ajuda a um perito.

4 - Poka-Yoke (dispositivo a prova de erros)


Como você pode ver, todos estes conectores são equipados de Poka-Yoke. NUNCA FORCE! , espere, observe o conector e pergunte-se: É o correto? Está bem colocado?

Exemplo de Poka-Yoke:

Veja também

Artigo original publicado por . Tradução feita por pintuda. Última modificação: 23 de maio de 2010 às 13:27 por pintuda.
Este documento, intitulado 'Reconhecer os conectores da minha fonte de alimentação', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.