Netstat

Netstat, em português estatísticas de rede, é um utilitário em linha de comando que gera tabelas exibindo o status da rede e as estatísticas do protocolo usado - status dos terminais TCP e UDP com informações sobre o roteamento e interface.

Comando netstat, para que serve e como utilizá-lo

O Netstat é um instrumento que permite conhecer as conexões TCP ativas no computador, para listar o conjunto das portas TCP e UDP abertas no computador.

O comando netstat permite igualmente obter estatísticas sobre os diversos protocolos - (Ethernet, IPv4, TCP, UDP, ICMP e IPv6).

Quais são os parâmetros do comando netstat

Utilizado sem nenhum argumento, o comando netstat exibe o conjunto das conexões abertas pela máquina e possui diversos parâmetros opcionais. Sua sintaxe é a seguinte:

netstat [-a] [-e] [-n] [-o] [-s] [-p PROTO] [-r] [intervalle]

Utilizado com o argumento a, o comando netstat mostra o conjunto das conexões e das portas ativas no computador.

Utilizado com o argumento e, o comando netstat mostra as estatísticas Ethernet.

Utilizado com o argumento n, o comando netstat mostra os endereços e os números de porta em formato digital, sem resolução de nomes.

Utilizado com o argumento o, o comando netstat faz o detalhamento do número do processo associado à conexão.

Utilizado com o argumento p seguido do nome do protocolo (TCP, UDP ou IP), o comando netstat exibe as informações pedidas, relativas ao protocolo especificado.

Utilizado com o argumento r, o comando netstat permite exibir a mesa de encaminhamento.

Utilizado com o argumento s, o comando netstat mostra as estatísticas detalhadas por protocolo.

Por último, um intervalo opcional permite determinar o período de atualização das informações, em segundos. Por padrão, este parâmetro vale 1 segundo.

Foto: © Kelvin Ang - Unsplash

Veja também
Este documento, intitulado 'Netstat', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.

Assine nossa newsletter!

Assine nossa newsletter!