Como criar um e-commerce

Considerar a abertura de um e-commerce para a venda online de seus produtos requer, como todo projeto, um investimento, um estudo de mercado e estratégias precisas. Nesta dica, vamos ver as vantagens e desvantagens deste tipo de venda, as principais etapas para a criação de uma loja virtual de sucesso e algumas ferramentas úteis.


Quais são as vantagens e desvantagens de uma loja virtual

Entre as vantagens de abrir um e-commerce e-commerce, podemos considerar a redução das fronteiras físicas e a abertura para um mercado cada vez mais amplo e contínuo, 24h por dia. Não tendo necessidade de uma estrutura física para iniciar o negócio, você não precisará fazer uma pesquisa de mercado quanto à localização da loja. Com isso, você também economizará em termos de informação e comunicação, pois a publicidade online é geralmente menos dispendiosa.


Infelizmente, como em todas as coisas, o e-commerce também tem suas desvantagens. O primeiro obstáculo seria o de uma concorrência feroz na internet, já que os usuários têm a possibilidade de comparar as mercadorias e obter informações sobre os preços e a qualidade do serviço e do produto, em um tempo recorde, para encontrar a melhor oferta.

Quanto ao aspecto competitivo, no que diz respeito à desvantagem de investimento, pode-se pensar na criação de novos produtos ou na especialização de um determinado setor. Obviamente, reduzir as margens lucro para manter os preços de venda interessantes. Outra coisa importante é ganhar a confiança dos clientes através de uma gestão logística perfeita, ou seja, processamento de pedidos e estimativas de entrega corretas, gerenciamento de estoque, embalagem e serviço pós-venda impecáveis. É essencial verificar a clareza dos Termos de Garantia, entregas, prazos e reembolsos para garantir a segurança dos pagamentos.

As principais etapas para criar um e-commerce bem sucedido

O estudo de mercado

Em primeiro lugar, é aconselhável estimar um orçamento provisório para avaliar os custos, a margem de contribuição, ou seja, o presumido rendimento do seu futuro e-commerce.

Procurar fornecedores

É possível consultar os motores de busca da Internet para encontrar fornecedores, basta digitar fornecedores para e-commerce e você terá várias opções. pode Através deles, você poderá encontrar todos os produtos pertencentes ao setor de seu interesse, selecionar os lotes necessários ou entrar em contato com o vendedor por e-mail.

Criação do website

Para facilitar a abertura de uma loja virtual, você pode pensar em um suporte de leilão, como o eBay, onde você pode abrir uma conta profissional gratuitamente, sem ter que anunciar e sem criar um site real, uma vez que as vendas podem ser gerenciadas diretamente pela conta do eBay. Uma segunda alternativa seria criar seu próprio e-commerce pronto com a ajuda de sites de suporte.


Para saber quais devem ser os elementos que necessariamente devem aparecer na sua loja virtual, veja este artigo. Para mais informações, consulte nossas dicas, como Como criar um site profissional e como Como escolher uma agência da web.

Por outro lado, se você preferir fazer tudo sozinho, há muitos sistemas de gerenciamento de conteúdo de código aberto que permitem criar um site de e-commerce.

Processamento dos pedidos

Para manter seus clientes, o processamento de seus pedidos deve ser irrepreensível, assim como o pagamento para entrega, a possibilidade de troca do produto, etc.

Gerência de estoque

Para otimizar o gerenciamento do estoque, você deve esperar receber o pedido do cliente antes de passá-lo para o fornecedor. Muitos atacadistas concordam em enviar o produto diretamente ao cliente sem passar pelo seu armazém. Outra solução é verificar o estoque do seu fornecedor para ter certeza de que o produto chegará na data prevista. A terceira solução é ter seu próprio estoque em casa e reabastecê-lo regularmente de acordo com o fluxo de pedidos. O investimento inicial para ter seu próprio armazém pode ser importante, no entanto, garante um controle do estoque e de prazo mais preciso.

Segurança dos pagamentos

Ofereça aos seus clientes vários tipos de pagamentos, como pagamento online, transferência bancária, cheque etc. No caso de um pagamento online, é essencial proteger as transações. As soluções de criação de lojas online geralmente incluem essa opção em sua oferta.


Para iniciar sua empresa, você pode passar por provedores que não exigem a assinatura de um contrato de venda à distância. Estas soluções de pagamento online são fáceis de instalar e são particularmente adequadas para comerciante cujo volume de vendas não é muito grande.

Observação: todos os sites comerciais oferecem um sistema de segurança de transações usando o protocolo SSL (Secure Sockets Layer) que permite criptografar mensagens transmitidas. Quando um site dispõe de um modo de pagamento seguro, um ícone em forma de chave ou cadeado aparecerá no canto inferior direito da janela.

Para saber mais, leia esta dica.

Entrega

Para começar, se os pedidos não forem muito numerosos nem muito volumosos, envie os pacotes você mesmo. Quando a sua loja for mais conhecida, use uma transportadora conhecida (ex: FedEx, DHL, etc.) e estabeleça um rastreamento de pacotes em seu site, para que o usuário saiba onde está o seu pedido.


Não se esqueça de estimar o valor dos custos de envio de acordo com o peso dos artigos, o número de itens encomendados, o lugar de entrega e o tipo de entrega (expresso ou normal).

Publicidade

Para promover as vendas e divulgar sua loja virtual, inscreva-se em um diretório de e-commerce; crie fóruns e páginas do Facebook e faça uma campanha de construção de links comprando palavras-chave e exibindo banners. Você também pode postar seus produtos e anunciar sua loja em todas as redes sociais.


Foto: © Pixabay.
Artigo original publicado por RégisG. Tradução feita por pintuda. Última modificação: 30 de janeiro de 2018 às 13:05 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Como criar um e-commerce', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (https://br.ccm.net/) ao utilizar este artigo.
9 aplicativos para cupons de descontos
Como usar a plataforma Marketplace do Facebook