3
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

Como denunciar um crime virtual no Brasil

País já dispõe de delegacias especializadas nesse tipo de delito nas suas principais cidades; obter capturas de tela é fundamental.




O que é um crime virtual

Estes crimes são cometidos na Internet via PCs ou outro dispositivo que suporte uma conexão à rede mundial de computadores. O alvo pode ser uma pessoa física ou jurídica ou seus dispositivos eletrônicos. Qualquer comportamento antiético e não autorizado na internet pode ser considerado um crime cibernético.

Onde denunciar um crime virtual

Um crime cibernético pode ser denunciado em qualquer delegacia de polícia com a realização de um boletim de ocorrência. Porém, já existem algumas cidades brasileiras delegacias especializadas em crimes virtuais.

Se esse for o caso do município onde você mora, dê preferência para fazer a denúncia nessa delegacia, o que poderá acelerar o procedimento de investigação. Veja onde estão as delegacias de crimes virtuais pelo Brasil.

Como denunciar um crime virtual

Caso você tenha sido vítima de um crime virtual, a primeira medida a tomar é recolher as provas do delito. Por exemplo, se você foi vítima de injúria ou calúnia em uma rede social, certifique-se de fazer capturas de tela com as publicações, evitando que o autor do crime delete o conteúdo e você perca as provas.

Em algumas situações, também pode ser necessário levar as capturas impressas em um cartório para atestar a veracidade do material. Apenas com o registro de uma ata notarial você poderá utilizar os prints como prova. É preciso pagar por esse serviço, mas tenha certeza de que esse valor poderá ser recuperado com o processo.

Foto: © jurgenfr - Shutterstock.com
Veja também
Este documento, intitulado 'Como denunciar um crime virtual no Brasil', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.

Assine nossa newsletter!

Receba toda semana o melhor conteúdo

Assine nossa newsletter!