Como publicar um artigo no LinkedIn

Novembro 2016


A rede social LinkedIn é uma plataforma indispensável para as empresas. Além de ser uma rede social profissional e de apoio ao recrutamento online, também otimiza a visibilidade de sua empresa, de seu negócio ou de sua experiência profissional para a sua rede de contatos, ou leads. Isto também pode ser alcançado pela publicação de artigos.

Como publicar um artigo na rede social? De que maneira os conteúdos podem ser compartilhados no LinkedIn?

Por que usar o LinkedIn

O LinkedIn é a maior rede social de interação profissional. É uma das cinco redes sociais mais utilizadas no mundo, com mais de 300 milhões de usuários.

As duas principais utilidades das redes sociais como o LinkedIn, o Viadeo e seus concorrentes diretos são:

O recrutamento online que permite o contacto entre os recrutadores e os candidatos.

A comunicação digital das empresas: este é um uso que a LinkedIn quer desenvolver mais. Esta é uma ótima oportunidade para que as empresas se façam conhecer, mostrando a sua experiência para os seus seguidores e para o público em geral, além de apoiar a sua atividade comercial. Para completar, as empresas podem comunicar suas atividades e melhorar sua presença na web.

A publicação de conteúdos em forma de artigos é uma boa maneira de obter sucesso e posicionar-se como especialista. Este método ainda é pouco usado no LinkedIn, mas está começando a evoluir.

Por que publicar conteúdos no LinkedIn

As vantagens do LinkedIn

Publicar um artigo no LinkedIn pode ter várias vantagens:

A rede social é ideal para o relacionamento BtoB.

Os grupos permitem que você se mantenha informado sobre os temas influentes para a sua atividade ou para a atividade de seus clientes.

Os perfis dos clientes, atuais e futuros, e as páginas empresariais são informações valiosas para as empresas.

Os meios de entrar em contato são muitos: você sabe quem consultou seu perfil, pode enviar convites e descobrir clientes potenciais nos diferentes grupos.

Além disso, o LinkedIn tem a sua própria ferramenta de estatísticas.

Publicação de notícias profissionais

Primeiramente, o LinkedIn se focou no mercado de trabalho e, em seguida, nas notícias relacionadas ao mundo profissional. Em abril de 2013, a rede social comprou o Pulse, um agregador de conteúdos.

A rede social dá cada vez mais importância às notícias compartilhadas pelos membros. Isso implica na valorização de vários aspectos:

Abertura próxima do programa "Influenciador" para todos os membros do LinkedIn, ou seja, a possibilidade para que todos possam compartilhar conteúdos.

Identificação dos artigos que mais provocam interação, para propô-los em uma distribuição mais ampla ou destacá-los no agregador de conteúdos Pulse (atualmente, apenas para os membros de língua Inglesa).

Possibilidade de se inscrever em uma empresa sem estar em sua rede, a fim de acompanhar as notícias (por meio do Twitter, por exemplo).

Como publicar no LinkedIn

Abertura do programa "influenciador"

Ao invés de reservar o seu programa Influenciador apenas para as personalidades já identificadas, a LinkedIn vai dar a oportunidade a todos os membros de publicarem um artigo na plataforma.

Se um artigo envolver os leitores e for destacado pela LinkedIn, qualquer profissional ou empresa pode tornar-se influenciadora em uma rede ou em um domínio específico.

Vantagens: o posicionamento preferencial no Google, um eventual posicionamento como um líder de influência em temas específicos e a capacidade de abrir seu conteúdo para os seus assinantes.

Desvantagens: um conteúdo presente apenas no LinkedIn e em seu próprio site, corre o risco de ser menos visível quando a plataforma estiver aberta para todos os membros.

Compartilhar um artigo

Vários espaços para compartilhamento de conteúdos são acessíveis na página inicial, nos grupos em que o profissional está inscrito.

Um artigo pode ser compartilhado a partir de uma fonte externa (ex: o site da empresa, um blog pessoal, um blog de especialista, etc).

O LinkedIn considera os metadados do artigo e a imagem a serem compartilhados como as outras redes sociais, como o Facebook.

Também é possível adicionar uma animação promocional. O limite é de 400 digitos. Além de poder incluir referências (nomes de outros profissionais, empresas, etc).

Observação: o compartilhamento a partir da página Inicial pode ser limitado à rede, duplicado no Twitter se a conta do LinkedIn for vinculada, ou tornado público, para todos os membros.

Os membros de um grupo também podem compartilhar conteúdos. Cada artigo deve ter um título e uma descrição para acompanhar os metadados. Se for uma publicidade ou oferta de um cargo, é necessária uma precisão.

Os artigos também podem ser compartilhados como uma página, na página da sua empresa.

Compartilhar conteúdos a partir de seu próprio site

Você pode automatizar o compartilhamento de um artigo quando este for publicado no seu próprio blog ou no site de sua empresa. Para fazê-lo, use as ferramentas de cada sistema de gerenciamento de conteúdos.

Algumas plataformas, como o Hootsuite, também propõem um compartimento automatizado.

Observação: use uma ferramenta social que permita a adição de uma curta descrição, para personalizar o compartilhamento e adaptar-se à rede.

Perspectivas

Além do recrutamento online, o LinkedIn é uma vitrine para as empresas, profissionais e especialistas. Isto exige a publicação de conteúdo de qualidade e o respeito das boas práticas de publicação.

Em breve, o LinkedIn abrirá para todos os membros as suas próprias ferramentas de publicação. O desafio será duplo para os profissionais e as empresas, pois significa o domínio do uso dessas ferramentas e a criação de conteúdos de qualidade.

Saiba mais

LinkedIn: criar e dinamizar uma página de negócios
Otimizar seu perfil do LinkedIn e desenvolver sua rede
Publicar um site, blog ou negócio com WordPress

Foto: © Fotolia.com
Tradução feita por Ana Spadari

Veja também :
Este documento, intitulado « Como publicar um artigo no LinkedIn »a partir de CCM (br.ccm.net) está disponibilizado sob a licença Creative Commons. Você pode copiar, modificar cópias desta página, nas condições estipuladas pela licença, como esta nota aparece claramente.