Quad Core 2.66Ghz ou Dual Core 3.33Ghz para os jogos

Novembro 2017


O que tem Core 2 Duo e Dual Core têm de diferente? A pergunta surge frequentemente entre quem joga videogame. O problema é que para determinados programas o melhor seria um Dual Core com mais de 3 GHz enquanto que para outros o ideal é um Core 2 Duo.

Para aplicativos paralelos (multithreaded), como a codificação de vídeo ou a compactação de arquivos, o Quad Core foi sempre o preferido e isso ainda é verdade. Por outro lado, para os jogos, é diferente: games que usam somente os quatro núcleos de um quad, com poucas exceções, como o Comandante Supremo ou GTA 4, era melhor ter um Dual Core de 3 GHz ou superior até 2010, mas isto mudou.

Duas razões para essa mudança em favor do Quad Core para os jogos: o modo Turbo dos novos processadores Intel Core i5 e i7 em socket 1156 permitem aumentar automaticamente a frequência quando apenas um ou dois núcleos são ativados em função do programa a ser rodado.

Por exemplo, o Core i5 750 funciona com 2.66 Ghz se os quatro núcleos forem ativados, mas passa a 3.2 Ghz se só dois núcleos funcionarem. Portanto, não é preciso escolher entre Dual Core a 3.2 Ghz ou Quad Core a 2.66Ghz. Os dois estão de acordo com as necessidades dos aplicativos. O modo Turbo existe também em certas CPU AMD, principalmente os X6. Jogos como BattleField Bad Company 2 ou Metro 2033, utilizam Quad Core em razão de um novo elemento: a gestão das partículas, que agora é gerenciada pela CPU.


De acordo com os testes realizados pela Hardware Magazine, um Quad Core a 2.66Ghz é 10% melhor do que um Dual Core a 3.33Ghz com o Metro 2003 e 20% melhor com o Bad Company 2. Veja os gráficos:


As CPU utilizadas são E8600 para os testes com dois núcleos e Core i5 750 para os testes com quatro núcleos. Os Dual Core com Turbo e HyperThreading (Core i5 600) alcançam os Quad Core do mesmo padrão (i5 750) no BattleField Bad Compagny 2. Esse jogo utiliza os Quad Core com Hyper Threading, como o i7 800, com um ganho de 25% em relação ao Quad não HT a 2.66Ghz, ou seja um ganho de mais de 50% em relação ao Dual Core a 3.33Ghz.

Para o BattleField 3, o desenvolvedor utilizou as possibilidades dos Quad: inútil tentar jogar com um Core 2 Duo tipo E6400 ou um Athlon 64 X2. Mesmo com uma placa de vídeo potente, o jogo ficaria parecido com um diagrama.

Para lembrar, PhysX, ou a gestão das partículas, é usada pela nVidia. Os processadores de placas de vídeo ATI não podem aproveitar estes efeitos, principalmente para o Batman Asylum. Conscientes das frustrações que isto provocava, os programadores de jogos decidiram confiar a gestão das partículas à CPU, considerando as possibilidades dos Quad Core, cada vez mais presentes nos PC.

Foto: © Pixabay.
Artigo original publicado por jak58. Tradução feita por ninha25. Última modificação: 16 de novembro de 2017 às 10:07 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Quad Core 2.66Ghz ou Dual Core 3.33Ghz para os jogos', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.