História da Internet

Abril 2018

Como foi inventada a internet

Em 1962, com o fortalecimento do comunismo, a Força Aérea dos Estados Unidos pediu a um pequeno grupo de pesquisadores que criasse uma rede de comunicação militar capaz de resistir a um ataque nuclear. O conceito desta rede se baseava em um sistema descentralizado, que permitia que a rede funcionasse mesmo que uma ou várias máquinas fossem destruídas.

Como surgiu o modelo Baran

Paul Baran é considerado uma das principais figuras da criação da Internet. Em 1964, ele teve a ideia de criar uma rede com a forma de uma teia de aranha. Ele tinha percebido que um sistema centralizado era vulnerável pois a destruição do seu núcleo provocaria o corte das comunicações. Por este motivo, ele criou um método híbrido ao utilizar arquiteturas em estrela e de malha, onde os dados se deslocariam de forma dinâmica, procurando o caminho menos sobrecarregado e esperando caso todas eles estivessem congestionados. Esta tecnologia foi chamada de packet switching (comutação de pacotes).

Como foi criada a rede ARPANET

Em agosto de 1969, independentemente de qualquer objetivo militar, a rede experimental ARPANET foi criada pelo ARPA (Advanced Research Projects Agency) para conectar quatro instituições universitárias: Universidade de Stanford, a Universidade da Califórnia em Los Angeles, a Universidade da Califórnia em Santa Bárbara e a Universidade de Utah.

Atualmente, a rede ARPANET é considerada como a precursora da Internet. Nesta época, ela já comportava certas características fundamentais da rede atual, como um ou vários núcleos da rede que podiam ser destruídos sem perturbar o seu funcionamento global, as máquinas podiam se comunicar sem a mediação de um computador central e os protocolos utilizados eram básicos.

Origem do e-mail

Em 1971, Ray Tomlinson criou um novo modo de comunicação: o e-mail. O conteúdo deste primeiro e-mail era o seguinte:

QWERTYUIOP

Além disso, o caractere @ já servia para separar o nome do usuário do resto do endereço.

Em julho de 1972, Lawrence G. Roberts aumentou as possibilidades abertas por Ray Tomlinson e desenvolveu a primeira aplicação para enumerar, ler de maneira seletiva, arquivar, responder ou reencaminhar um e-mail. Desde então, o serviço de mensagens eletrônicas não parou de crescer e se transformou no uso mais comum de Internet no início do século XXI.

Além disso, em outubro de 1972, a rede ARPANET foi apresentada pela primeira vez ao grande público. Na mesma época, o ARPA tornou-se o DARPA (Defense Advanced Research Projects Agency) e o termo internetting passou a ser utilizado para designar o ARPANET, um embrião da Internet.

Para que serve o protocolo TCP

O protocolo NCP, utilizado até então, não permitia a verificação de erros e era, por princípio, utilizável apenas na rede ARPANET, na medida em que a infraestrutura era dominada corretamente. Assim, Bob Kahn, que chegou no ARPA em 1972, começou a trabalhar sobre as bases de um novo protocolo, já chamado de TCP, que permitia encaminhar dados em uma rede fragmentando-os em pequenos pacotes. No final de 1973, ele pediu a Vinton Cerf que o ajudasse a construir o protocolo.

Em 1976, o Departamento de Defesa decidiu estender o protocolo TCP à rede ARPANET, composta de 111 máquinas ligadas entre si. Em 1978, o protocolo TCP foi dividido em dois: o TCP e o IP, para constituir o que se tornaria a sequência TCP/IP.

O que e e para que serve o DNS

O sistema DNS, utilizado atualmente, foi criado em 1984 a fim de remediar a falta de flexibilidade na nomeação pela tabela de nomeação, pedindo a atualização manual das correspondências entre os nomes de máquinas e o seu endereço nos arquivos de texto em cada uma delas.

O que é o sistema RFC

Em 1969, S. Crocker criou o sistema Request for Comments (RFC). Eram documentos apresentados sob a forma de notas, permitindo aos pesquisadores compartilharem os seus trabalhos. Jon Postel foi encarregado da administração destes documentos até a sua morte, em 1998.

Como foi desenvolvido o sistema de navegação World Wide Web

A partir de 1980, Tim Berners-Lee, pesquisador do CERN de Genebra, criou um sistema de navegação de hipertexto e desenvolveu, com a ajuda de Robert Cailliau, um software chamado Enquire, que permitia navegar de acordo com este princípio. Em finais de 1990, Berners-Lee criou o protocolo HTTP, bem como a linguagem HTML, que permitiam navegar com a ajuda de links de hipertexto através das redes. Assim nasceu a World Wide Web.

History of the Internet
History of the Internet
Historia de Internet
Historia de Internet
Histoire d'Internet
Histoire d'Internet
Storia di Internet
Storia di Internet
Última modificação: 30 de junho de 2017 às 11:51 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'História da Internet', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (https://br.ccm.net/) ao utilizar este artigo.
História do computador