Wi-Fi 6: o que é e como usar a nova tecnologia

WiFi 6 é a nova geração das conexões sem fio. Confira, na continuidade do artigo, as características desta nova tecnologia, como funciona a conexão e quais são as principais vantagens comparada com as versões anteriores.

O que é WiFi 6?

O WiFi 6 é igualmente conhecido como IEEE 802.11ax, a tecnologia mais veloz e eficiente conhecida até o momento para se conectar-se à internet sem fio.
Este é o novo padrão de rede sem fio, desenvolvido pela Wi-Fi Alliance (organização sem fins lucrativos que promove a tecnologia WiFi e é responsável por certificar e classificar os dispositivos que a utilizam), que em 2019 introduziu determinações simplificadas para este e os padrões anteriores, visando a facilidade para a sua identificação.

Quais são as especificações das gerações de WiFi que existiram anteriormente?

Você já deu uma olhada nas especificações do seu roteador? Se já fez isso, você deve ter lido o código 802.11ac (WiFi 5) ou 802.11n (WiFi 4). Talvez tenha visto até a especificação 802.11a/b/g se o seu dispositivo for mais antigo. Todas essas nomenclaturas referem-se ao protocolo IEEE 802.11, que nada mais é do que uma forma técnica de chamar a tecnologia WiFi que todos conhecemos. Estas foram todas as suas versões até agora:

  • Wi-Fi 1 (802.11a), lançado em 1999.
  • Wi-Fi 2 (802.11b), também lançado em 1999.
  • Wi-Fi 3 (802.11g), lançado em 2003.
  • Wi-Fi 4 (802.11n), lançado em 2009.
  • Wi-Fi 5 (802.11ac), lançado em 2014 (usado pela maioria dos dispositivos móveis atualmente).
  • Wi-Fi 6 (802.11ax), lançado em 2019 (versão mais recente).

Qual é a velocidade do WiFi 6 e quais as suas vantagens?

Teoricamente, a tecnologia WiFi 6 é capaz de atingir velocidades de até 9,6 Gbps (9600 Mbps), o que representa um aumento significativo em relação às velocidades alcançadas pelo WiFi 5, que variam entre 433 Mbps e 1,7 Gbps.

No entanto, segundo o último relatório do Speedtest Global Index, o Brasil registra uma velocidade média de conexões nas suas redes fixas de 94,36 Mbps, o que significa que ainda estamos longe de aproveitar ao máximo as velocidades teóricas que poderiam ser alcançadas com o WiFi 6 (estas normalmente seriam limitado pelo provedor de serviços de internet).

As outras grandes vantagens

*Desempenho de conexão: o WiFi 6 pode melhorar o desempenho da rede em situações em que os usuários conectam vários dispositivos simultaneamente, como por exemplo, assistir mídias em streaming e jogar videogames ao mesmo tempo.

*Vida da bateria dos dispositivos: graças à sua maior eficiência, a nova tecnologia é capaz de prolongar a vida útil da bateria dos dispositivos conectados.

Como saber se um dispositivo é compatível com WiFi 6?

Assim sendo, se for adquirir um novo dispositivo móvel ou um roteador, certifique-se que ele tenha o padrão 802.11ax. Você também poderá encontrar o logotipo WiFi 6, indicando que o dispositivo é tem o certificado da WiFi Alliance.

Compatibilidade com as versões anteriores

O WiFi 6 é e continuará sendo compatível com dispositivos que ainda usam versões anteriores dessa tecnologia, podendo (em teoria) conseguir melhorar um pouco sua eficiência.

Para ficar por dentro dos dispositivos que já são compatíveis com a tecnologia do WiFi 6, acesse o link Procurar produtos compatíveis. do site WiFi.org.

Quais dispositivos usam o WiFi 6?

A grande maioria dos dispositivos atualmente ainda usa WiFi 4 ou WiFi 5 e apenas alguns dos produtos lançados mais recentemente têm tecnologia WiFi 6, como é o caso dos laptops Dell XPS. Vale lembrar que nem todos os fabricantes caminham com o mesmo passo! A Apple, por exemplo, incorporou a tecnologia WiFi 6 no iPhone mais recente, mas ainda não o fez em nenhum de seus dispositivos Mac (iMac, MacBook Pro, MacBook Air).

Vale a pena adotar o novo padrão?

Para beneficiar de todas as vantagens mencionadas acima, você precisará, evidentemente, renovar todos os seus dispositivos - celular, TV, laptop etc. Se você não fizer isso, de nada, ou quase nada, adiantará em aumento de desempenho, se você atualizar unicamente o seu roteador, mantendo todos os outros dispositivos com o padrão WiFi 4 ou WiFi 5.

Dito isso, você tem duas opções: ignorar o WiFi 6 até o momento em que a maioria dos dispositivos tenha essa tecnologia ou preparar-se para o futuro agora e certifique-se de que todos os dispositivos que você comprar, daqui para a frente, sejam certificados com o novo padrão.

Esta claro que ainda pode demorar vários anos até que o WiFi 6 se torne comum no nosso cotidiano, nos dando um bom tempo para nos adaptarmos gradualmente à mudança.

Este documento, intitulado 'WiFi 6: o que é, para que serve, dispositivos e vantagens ', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.

Assine nossa newsletter!

Assine nossa newsletter!