1
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

Como usar um disco rígido externo no MacOS

A compra de um novo disco rígido externo ou a passagem do PC para o Mac não é uma tarefa simples, pois podem ocorrer problemas relacionados ao formato escolhido. Felizmente, este formato pode ser alterado para ajudar nessa tarefa.



Mudanças de computador ou sistemas operacionais diferentes podem causar problemas ao usuário do Mac no momento de migrar arquivos, por exemplo. Veja como resolver isso.

Como resolver o problema de formato no Mac

O formato padrão dos computadores Mac mais recentes é HFS+ ou MacOS Expandido. Sobre compatilidade, pode-se dizer o seguinte:

Compatibilidade com o Mac OS: todas as versões do Mac OS a partir do OS 8;
Compatibilidade com o Windows: é preciso um utilitário para usar este formato, como o MacDrive ou o MacDisk (em inglês).

No aplicativo Utilitário de disco do MacOS, este formato é chamado MacOS Expandido.

Como resolver o problema de formato no Windows e Mac OS

Um dos problemas mais comuns encontrados pelas pessoas que migram do PC para o Mac é o do disco rígido externo formatado em NTFS.

Se o seu disco estiver em leitura somente, você poderá ler os arquivos presentes nele, mas não poderá alterá-los, renomeá-los ou criar outros. Uma solução possível é mostrar ao seu Mac como escrever no NTFS. Esta solução permite manter a compatibilidade do seu disco externo com os PCs que rodam no Windows. Dependendo da versão do MacOS, existem várias soluções:

Mac OS 10.7 Lion: Paragon NTFS ou Tuxera NTFS for Mac;

Mac OS 10.6 Snow Leopard: NTFS Mounter ou Tuxera NTFS for Mac;

Mac OS 10.5 Leopard: NTFS-3G ou Tuxera NTFS for Mac;

Mac OS 10.4 Tiger: NTFS-3G ou Tuxera NTFS for Mac.

A experiência tem mostrado uma boa estabilidade com o Paragon NTFS for Mac e problemas com o Tuxera.

FAT32: também chamado de MS DOS, é o antigo formato do Windows, anterior ao XP. Encontramos este formato principalmente nos pendrives e alguns discos rígidos de multimídia. Ele tem a vantagem de ser compatível com o MacOS e o Windows, no entanto o tamanho dos arquivos é limitado a 4 GB. No aplicativo Utilitário de disco do Mac OS, este formato é chamado de MS-DOS ou FAT.

exFAT: excelente por ser compatível com as últimas versões do MacOS e do Windows, sem limite de tamanho de arquivo, ao contrário do FAT32 (MS DOS). No entanto, muitas vezes ele é incompatível com certos discos rígidos de multimídia.

Compatibilidade com o Windows: a partir da versão Windows XP SP3 apenas. Talvez seja preciso aplicar uma atualização para o Windows XP SP3.

Compatibilidade com o Mac OS 10: a partir do Mac OS 10.6.5. No aplicativo Utilitário de disco do MacOS, este formato é chamado de ExFAT.

O que fazer com os discos rígidos de multimídia

Saiba que alguns discos rígidos de multimídia só funcionam neste modo no FAT32 e não é aconselhável formatá-los, pois suas funções de multimídia podem desaparecer. Já outros discos funcionam em modo de multimídia no NTFS e HFS+ e aceitam formatação.

Antes de uma possível formatação, é importante salvar os arquivos existentes no disco rígido e colocá-los no seu lugar depois, principalmente o arquivo autorun.inf, se ele existir. Consulte o manual de seu disco rígido de multimídia para saber que tipo de formato é aceito.

Como formatar com o Utilitário de disco

Vamos utilizar o Utilitário de disco do MacOS para formatar o disco rígido. Cuidado, esta operação vai esmagar (apagar) todo o conteúdo ainda presente no disco externo. Assim sendo, mova os arquivos presentes que você quer guardar para outro suporte.

Inicie o Utilitário de disco que se encontra na pasta Aplicativos e na subpasta Utilitários. Selecione o ícone do disco rígido propriamente dito, não a sua partição já existente, que fica logo abaixo, à direita. Este ícone, que fica na parte esquerda da janela, tem o nome do fabricante e indica sua capacidade. Clique na guia Particionar, na parte direita da janela.

Na zona onde está escrito Atual, substitua a palavra Atual (menu suspenso) por uma partição, ou mais, se for o caso. Abaixo do campo, clique em Opções. Neste caso, existem diversas opções, dependendo da solução que você escolheu:

Quadro de partição GUID: para um Mac com processador Intel.

Placa de partição Apple: para um Mac com processador PowerPC.

Gravação de arranque principal (MBR): se você quiser utilizar este disco no Mac e no Windows.

Clique em OK para confirmar a sua escolha. Retorne para a janela principal e escolha o formato desejado:

Mac OS Expandido: para usar no Mac apenas;
MS-DOS: para usar no PC e no Mac, mas com um limite de 4 GB por arquivo;
NTFS: para usar no PC e no Mac. Cuidado, esta escolha só é possível após a instalação de um driver de gestão do NTFS em seu Mac, senão você deverá utilizar um computador rodando no Windows para fazer a formatação.

Nomeie este volume e, na parte inferior da janela, clique em Aplicar. Aguarde o processamento do seu pedido e, quando a operação terminar, seu disco estará pronto.

Foto: © Wes Hicks - Unsplash

Veja também

Este documento, intitulado 'Como usar um disco rígido externo no MacOS', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.

0 Comentário