3
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

Excel: fazer referência a um intervalo de células

A referência a uma linha ou coluna de uma fórmula é feita especificando o nome da linha ou coluna. O intervalo de células adjacentes é representado pelas referências da célula de início e de fim e sempre separadas pelo caractere de dois pontos. Por sua vez, se as células não estiverem juntas, o usuário deve utilizar o ponto e vírgula.




Intervalo de células adjacentes

A indicação de um intervalo de células adjacentes é a forma mais simples. Para isso, você deve utilizar o formato a seguir:

=FÓRMULA(Célula de Início:Célula de Fim)


Por exemplo, vamos imaginar que queremos somar os valores inseridos nas células de A1 a A10. Para isso, vamos inserir a fórmula =SOMA(A1:A10).

Intervalo de células não adjacentes

Para a inserção de uma fórmula que envolva células não adjacentes, a separação entre as células indicadas na fórmula deve ser feita com ponto e vírgula. Assim, o formato padrão é o seguinte:

=FÓRMULA(Célula;Célula;Célula;Célula)


Agora, no nosso exemplo, vamos imaginar a fórmula para somar os valores inseridos nas células A1, A3, A5 e A7. Assim, teremos a fórmula =SOMA(A1;A3;A5;A7).

Intervalo de células adjacentes e não adjacentes

Também é possível que você queira utilizar uma fórmula que contenha ao mesmo tempo sequências de células e células avulsas. Assim, basta integrar os dois formatos citados acima para ter o seguinte modelo:

=FÓRMULA(Célula;Célula;Célula de Início:Célula de Fim)


Nesse exemplo, vamos pensar que o objetivo seja somar os valores das células A1, A3 e também da sequência de A5 a A10. Para esse caso, a fórmula será =SOMA(A1;A3;A5:A10)

Operadores

As expressões podem comportar diversos tipos de operadores, tradicionalmente divididos em três categorias: operadores aritméticos, operadores de comparação e operadores de texto.

Operadores aritméticos

Os operadores aritméticos são sempre acompanhados por constantes ou por referências às células. Chamamos de operandos os valores sobre os quais o operador age. Existem dois tipos de operadores aritméticos:

Os operadores unários, que atuam sobre um único elemento, admitindo assim um único operando, situado à direita do operador (ex: =-A6);
Os operadores binários, que atuam sobre dois elementos (admitindo dois operandos, situados a cada lado do operador) (ex: =B4+A6).

Os operadores aritméticos são:

Operador Denominação Tipo Descrição
+Operador de adiçãoBinário Adiciona dois valores
-Operador de subtraçãoBinárioSubtrai dois valores
-Operador de inversãoUnárioDá o valor oposto de um valor
*Operador de multiplicaçãoBinárioMultiplica dois valores
/Operador de divisãoBinárioDivide dois valores
^Operador de potênciaBinárioEleva o operando da esquerda à potência especificada pelo operando da direita
%Operador de móduloBinárioDá o resto da divisão entre 2 números

O uso de parênteses

Os operadores aritméticos têm uma ordem de prioridade. Para alterá-la, você pode usar parênteses. A tabela abaixo mostra a prioridade dos operadores em ordem decrescente:


Operador Descrição
()Parênteses
:(dois-pontos),(vírgula)espaço simplesOperadores de referência
-Negação (como -1)
%Porcentagem
^Expoente
* e /Multiplicação e divisão
+ e -Adição e subtração
&Concatenação de duas cadeias de texto
= < > <= >= <>Operadores de comparação


Quando dois operadores têm a mesma prioridade, o cálculo é realizado da esquerda para a direita.

Operadores de comparação

Os operadores de comparação são usados em estruturas condicionais, ou seja, instruções que testam se uma condição é verdadeira ou não. As estruturas condicionais podem ser associadas entre elas. Os operadores de comparação também são chamados de operadores relacionais.

Os operadores relacionais são:

Operador Denominação Descrição
=Operador de igualdade Compara dois valores e verifica sua igualdade
<Operador de inferioridade estritaVerifica se um valor é estritamente inferior a outro
<=Operador de inferioridadeVerifica se um valor é estritamente inferior ou igual a outro
>Operador de superioridade estritaVerifica se um valor é estritamente superior a outro
>=Operador de superioridadeVerifica se um valor é estritamente superior ou igual a outro
<>Operador de diferençaVerifica se dois valores são diferentes

Operadores de Texto

Praticamente todas as planilhas oferecem, pelo menos, um operador chamado operador de concatenação, que permite juntar dois valores de texto. O operador de concatenação é o &, como, num exemplo, o valor da célula B15 (preço total) é automaticamente calculado pela concatenação do valor da célula B13 (cuja referência absoluta é notada $B$13), uma cadeia composta de um espaço e do valor da célula E5 (cuja referência absoluta é notada $E$5), graças à seguinte fórmula:
=$B$13 & " " & $E$5
.

Foto: © RoSonic - Shutterstock.com

Veja também

Este documento, intitulado 'Excel 2010: fazer referência a um intervalo de células ', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.

0 Comentário