Outlook: arquivo morto

Faça uma pergunta
O Outlook 2016 e todas as suas pastas tem acesso a uma pasta de arquivamento. A pasta do arquivo morto é um tipo de arquivo de dados do Outlook com o formato PST. Quando você usá-lo pela primeira vez, uma pasta do arquivo morto é criada automaticamente no seu computador. Também surgirá uma pasta de arquivamento que você não pode excluir.

O arquivo morto é padrão do Outlook e funciona como caixa de entrada com funções próprias, com os elementos que você enviar: você move-os da caixa de entrada para a pasta do arquivo morto. Mas saiba que ao usar o botão do arquivo morto para mover mensagens para a pasta de arquivamento, isso não quer dizer que você está reduzindo o tamanho da sua caixa de correio. Os e-mail continuam no seu Outlook e são salvos também na pasta de arquivamento do computador, como arquivos ocultos. Ela serve para estocar e-mails que você não quer suprimir, mas que também não quer que permaneçam na caixa de entrada.

Como funciona o arquivo morto no Outlook 2016

Abra sua caixa de mensagens, selecione o e-mail que gostaria de colocar no arquivo morto. Depois, clique em Arquivo Morto no menu superior:


Para entrar na caixa de entrada do Arquivo Morto, clique no meu lateral esquerdo do Outlook. Você pode filtrar essa caixa de diálogo para encontrar o seu e-mail, entre os filtros: tudo; não lidos; para mim; sinalizadas:


Como acessar a pasta de arquivamento automático do computador

Você quer acessar a pasta de arquivamento automático do computador no Windows 10. Para isso, abra o Windows Explorer e clique em Computador no menu superior da janela. Na interface aberta, abra a guia Exibir e vá em Opções > Alterar opções de pasta e de pesquisa. Marque a caixa Mostrar arquivos e pastas e unidades ocultas:


Foto: © Outlook.
Jean-François Pillou

Nosso conteúdo é produzido em colaboração com especialistas em tecnologia da informação sob o comando de Jean-François Pillou, fundador do CCM.net e diretor digital do Grupo Figaro. CCM é um site sobre tecnologia líder em nível internacional e está disponível em 11 idiomas.

Mais informações sobre a equipe do CCM