Impressora 3D: quais aplicações para os profissionais

Faça uma pergunta
Autopeças, joias, modelos arquitetônicos, próteses e, talvez um dia, tecido humano. Os usos de uma impressora 3D são extremamente variados e podem ser aplicados em vários campos. Quais são os benefícios das impressoras 3D e como aproveitar o máximo nas empresas?


O que é a impressão 3D

A impressão 3D é um processo de fabricação dito aditivo: as camadas de material são sobrepostas horizontalmente para obter um produto acabado. O objeto é previamente projetado no computador por meio de um software especializado e de um arquivo 3D que serve como molde.

Como escolher uma impressora 3D adaptada às suas necessidades

Para qual uso é a impressora 3D

Existem vários tipos de impressoras 3D a escolher de acordo com o orçamento e as necessidades da empresa:



As impressoras 3D domésticas, que podem ser usadas em casa para criar pequenos objetos;

As Impressoras 3D profissionais, que permitem obter produtos acabados de boa qualidade. É o melhor compromisso entre o dispositivo consumidor e aquele destinado à produção, especialmente adaptado à criação de maquetes;

As Impressoras 3D industriais, que oferecem a melhor definição para a produção em série. Elas são reservados às grandes empresas e grandes grupos industriais, como aeroespacial ou automotivo.

Qual orçamento

As impressoras 3D domésticas são as mais acessíveis com um preço que o usuário amador poderá adquirir. Para os profissionais, o investimento exige estudo de preço no mercado: os modelos intermediários custam cerca de R$ 5 mil, as mais aperfeiçoadas, reservadas para a indústria, passam dos R$ 450 mil.

O que se deve considerar na compra de uma impressora 3D

Para escolher a impressora 3D certa em uma empresa, também é importante considerar o processo de fabricação e o software 3D usado.

Quais as vantagens da impressão 3D para empresas

Como técnica de fabricação aditiva, a impressão em 3D tem a vantagem de otimizar materiais: não causa perda. Também não requer modelos ou moldes, pois estes são arquivos 3D projetados no próprio computador.


A variedade dos materiais é outro ponto forte da impressão em 3D. É possível usar: diferentes tipos de plástico; metais como aço inoxidável, titânio e alumínio; cerâmica; ligas de madeira e polímero; ingredientes alimentares.

Finalmente, a impressão 3D também se distingue pela sua velocidade de execução para aumentar a produtividade e a eficiência.

Quais áreas de aplicação

Arte e design

Na moda, decoração e até nas joias, as impressoras 3D podem tornar-se aliadas valiosas no processo de fabricação de pequenos objetos ou roupas. Muitos criadores do setor já aderiram a este tipo de impressora.

Arquitetura

Para empresas de arquitetura e escritórios de design, a impressão em 3D economiza muito tempo. Esta técnica permite executar modelos detalhados e de qualidade mais rapidamente do que com um processo de produção convencional. Ela oferece a capacidade de visualizar rapidamente um projeto e acelerar o processo de decisão.


Note-se que os modelos produzidos pela impressão em 3D são geralmente mais robustos e resistentes: um ponto forte para transportes e exposições.

Automotivo

No setor automotivo, a impressão em 3D pode ser usada para criar protótipos, fazer peças plásticas ou construir ferramentas. Ela serve, então, para agilizar a produção, não apenas para lançar um modelo impresso em 3D, já que ela permite identificar falhas no design, difícil de detectar, exibindo-o em uma tela computador. As indústrias aeroespacial e aeronáutica aderiram fortemente à impressão 3D.

Saúde

As principais aplicações da impressão 3D no campo médico estão na concepção de ajudas personalizadas: aparelhos auditivos e ortopédicos, por exemplo. A técnica aditiva de fabricação também possibilita a produção de ferramentas e protótipos para tratamentos ortodônticos e próteses dentárias.


Os pesquisadores já estão considerando a possibilidade de usar impressoras 3D para reproduzir os tecidos e órgãos humanos no futuro.

Alimentação

Ainda pouco usado no setor da alimentação, a impressão 3D poderia ter seu lugar no futuro. As tentativas já iniciaram utilizando o chocolate ou açúcar. Mas, ainda existem questões pendentes nesta aplicação em se tratando de higiene.


Para aprofundar este assunto, leia Como funciona uma impressora 3D.

Foto: © Pixabay.
Jean-François Pillou

Jean-François Pillou - Fundador do CCM
Mais conhecido como Jeff, Jean-François Pillou é o fundador do CommentCaMarche.net. Ele também é CEO do CCM Benchmark e diretor digital do Grupo Figaro.

Mais informações sobre a equipe do CCM

Veja também