0
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

Fadiga do Zoom: o que é e como combater

Hoje em dia, fazemos cada vez mais videoconferências, em parte pela pandemia e o home office, em parte por parecer mais fácil, rápido e eficiente. Porém, chamadas de vídeo podem causar um novo tipo de cansaço – fadiga do Zoom, termo que começou a ser empregado no ano passado e parece ter vindo para ficar. O excesso de reuniões no Zoom, Google Meet e outras plataformas durante o dia causa vista cansada, insônia e fadiga cerebral. Nesse artigo, explicamos o que é exatamente a fadiga do Zoom e como combatê-la.

O que é fadiga do Zoom?

Durante a pandemia de Covid-19, muitas pessoas sofreram com um novo tipo de fadiga, a chamada Fadiga do Zoom. Segundo a revista Psychiatric Times (em inglês), mais de 300 milhões de usuários do Zoom passaram por isso nesses tempos de trabalho remoto, diversas videoconferências por dia e muito tempo diante da tela. Obviamente, esse tipo de fadiga, apesar do nome, pode ser causada por qualquer ferramenta de chamadas de vídeo, não apenas o Zoom.

O que causa a fadiga do Zoom?

Há diversos motivos para nos sentirmos cansados - e mesmo exaustos - após uma chamada de vídeo. Para a doutora Jena Lee, autora do artigo para a Psychiatric Times, o cérebro não secreta a mesma quantidade de oxitocina, hormônio ligado às interações sociais, durante videoconferências do que em interações cara a cara. A falta de contato visual e linguagem corporal também não ajuda. Além disso, a necessidade de olhar para a tela a todo momento adiciona estresse e cansaço ao processo.

Segundo artigo na revista National Geographic, ver diversas faces ao mesmo tempo no modo Gallery View do Zoom também demanda muito da visão central e do cérebro. É preciso decodificar simultaneamente diversas expressões faciais. Por fim, os problemas causados por falhas de áudio, vídeo e conexão geram ainda mais estresse.

Como combater a fadiga do Zoom?

Embora para muitas pessoas não seja possível parar de usar por completo o Zoom e outras ferramentas similares, como Google Meet e Skype, você pode aliviar e combater a fadiga do Zoom.

  • Faça reuniões curtas e diretas. Tente não fazer outras coisas durante a reunião e, se você tiver diversas chamadas no mesmo dia, garanta que haja espaço para pequenas pausas entre elas para descansar a visão e o cérebro.

  • Desligue a câmera quando não estiver falando. Assim, você continua ouvindo sem se preocupar com a aparência ou para onde você está olhando.

  • Diminua o uso do modo Gallery View, dando preferência aos modos que destacam somente quem está com a palavra para você se concentrar em um rosto.

  • Garanta que a reunião é necessária. Quantas vezes a chamada acaba e você sente que bastava uma troca de e-mails para resolver a questão? Use outros métodos quando convier, como mensagens e ligações por telefone para poupar tempo e esforço.

  • Use o F.lux ou outros apps semelhantes para ajustar a intensidade do brilho da tela e reduzir o cansaço dos olhos.

Foto: © Makeameme.org - 123RF.com

Este documento, intitulado 'Como combater a fadiga do Zoom', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.

Assine nossa newsletter!

Receba toda semana o melhor conteúdo

Assine nossa newsletter!