7
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

Mala direta, o que é?

A mala direta é um sistema de divulgação de mensagem publicitária, marketing, avisos, declarações, cobrança, etc. que tanto pode ser enviada pela internet ou correio tradicional. Assim a utilização da mala direta é bastante eficaz particularmente para a divulgação de produtos, serviços ou para fins informativos.



Mala direta pode ser um envio físico, feito através dos Correios, mas atualmente falamos de mala direta para nos referirmos a um envio digital, por e-mail, para vários destinatários simultaneamente. Assim, um comunicado, um anúncio ou um alerta enviado a um grande número de pessoas, sob um mesmo modelo, faz parte de uma mala direta.

Podemos falar de mala direta quando temos a combinação de dois fatores:
  • Um conteúdo (texto, áudio, vídeo) padrão - com a possibilidade de mudanças pontuais, como nome do destinatário;
  • Um banco de dados (fonte), que será utilizado para completar as lacunas do texto padrão.


Para criar uma mala direta, teremos de obedecer algumas etapas. Em primeiro lugar, devemos elaborar o texto padrão do envio, bem como inserir o conteúdo multimídia (imagens, áudios e vídeos) que estarão presentes na mala direta.

Na sequência, é preciso combinar esse conteúdo padrão com um banco de dados dos destinatários para, de maneira simplificada, completar os espaços em branco. Fazer isso não precisa ser um trabalho braçal. O Word, por exemplo, possui ferramentas para criação de mala direta. Veja esse artigo para saber mais sobre isso.

Foto: © Campaign Creators - Unsplash.

Veja também

Este documento, intitulado 'Mala direta, o que é?', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.

0 Comentário