4
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

Contas Google com autenticação em dois fatores: obrigatório para todos

A segurança por dois fatores não é, em si, uma novidade. Esta fica por conta da conversão do status de opção para de obrigatoriedade do método. Assim, e até dezembro de 2021, este método vai se generalizar tornando-se obrigatório para todos, ou seja, para mais de 150 milhões de contas. É bem verdade, é uma camada a mais para proteção de contas web, mas não sem riscos para usuários que não atualizam dados pessoais ou que os esquecem com frequência. Veja como configurar o método, logo nativo, de autenticação nas contas Google.

O que é a autenticação em dois fatores

A autenticação de dois fatores, segurança multifator ou verificação em duas etapas, é um método de segurança adotado atualmente por quase todas as empresas criadores de apps e programas web. Na verdade, significa logar-se, com dois procedimentos, sempre confirmando a identidade não somente com uma senha, mas verifica-la em outro dispositivo, por exemplo, ou um código (chave). Assim, para abrir a caixa de entrada de um serviço de e-mail, você deverá digitar a senha habitual e confirmar que você é você, acessando a caixa de entrada, para confirmar em outro aparelho – tablet, PC, celular.

Qual é o objetivo?

Google explica que a iniciativa pretende colocar todas as contas em um nível de proteção e segurança padrão, minimizando intercorrências com brechas na segurança (Vice).

Leia mais:
Como criar uma conta Gmail
Como entrar direto na caixa de entrada do Gmail
Como recuperar a senha do Gmail

Etapas da implantação da autenticação em dois fatores para contas

Google caminhou por etapas:

  • Etapa de recomendação: incentivo aos usuários que já ativaram, algum dia, esta função continuem a usar e a participar, com seus feedbacks, na afinação da ativação definitiva para todos.

  • Etapa intermediária: Google enviava notificações frequentes conduzindo os usuários a ativarem a segurança por dois fatores ao fazer o login, usando um segundo dispositivo, celular, tablet, notebook, PC ou então servindo-se de uma chave física de segurança. A notificação, vai lembrar que a função pode evitar invasões e roubo de credenciais.

  • Etapa da implantação: ativação automática do método para todas as contas e usuários, ou seja, não será uma opção para mais ninguém até dezembro de 2021, mas um recurso nativo obrigatório, de toda e qualquer conta da gigante da internet.

  • Por enquanto, apenas contas que ativaram sistemas de backup seguros vão ser incluídas na ativação automática e, começa a valer também desde já, a obrigatoriedade da verificação dupla para participantes do Programa de Parcerias do YouTube (YPP). Desta forma, quem usa YouTube Studio precisa ativar o método para acessar as ferramentas de publicação.

O que acontece a partir de agora para se logar em contas Google

Assim que você fizer login em sua conta usando suas credenciais em um dispositivo incomum, como o computador de uma pessoa querida, será solicitado que você confirme se é realmente você que está usando sua senha - isso pode ser para indicar um código enviado por SMS para o número do celular fornecido ou para usar um aplicativo ou serviço de autenticação.

Assim, se um terceiro tentar acessar sua conta sabendo seu nome de usuário e senha, uma etapa adicional é solicitada antes de entregar seus dados. Um procedimento eficaz, mas que é relativamente restritivo, pois pode exigir o uso de um smartphone para comprovar sua identidade.

Mas seja qual for a restrição: é a segurança das informações confidenciais que prevalece, e o Google imporá o uso desse método a todos os seus usuários. Mas a boa notícia é que a autenticação de dois fatores não é necessária quando você faz login com um dispositivo conhecido pelo Google, que você usa diariamente. Ele só é usado quando você deseja se conectar a um computador ou celular incomum.

Como ativar a autenticação de dois fatores em uma conta do Google?

Se você ainda não habilitou a autenticação de dois fatores em sua conta do Google, precisa configurá-la agora obrigatoriamente. Alguns poucos passos são suficientes e, é por meio de uma página da web que as definições necessárias para ativar o método são realizadas.

Com seu navegador habitual, vá para a página de gerenciamento da conta do Google. se não estiver logado, clique no ícone do perfil no canto superior direito e identifique-se usando seu nome de usuário (seu endereço do Gmail) e a senha associada.

Uma vez conectado à sua conta e na página da conta, clique na opção Segurança no menu da coluna à esquerda.

Na página aberta, na seção Como fazer login no Google, selecione Verificação em duas etapas.

Na próxima página aberta você vai ficar por dentro do principio da dupla autenticação. Selecione Primeiros Passos.

Você será solicitado a inserir novamente a senha vinculada à sua conta do Google e na continuidade, Google informa em quais dispositivos sua conta está ativa e pode ser acessada sem necessidade de autenticar-se. Ele também mostra o número do celular que você registrou na conta. Você pode adicionar outro clicando no link Adicionar um número de telefone na parte inferior da página. Se estiver tudo bem para você, clique no botão Ativar na parte superior da página.

A verificação de dois fatores agora está ativa. De agora em diante, se você tentar fazer login em sua Conta do Google para qualquer um dos serviços em um dispositivo incomum, precisará verificar sua identidade. Usando um código recebido por SMS ou validando a notificação enviada pelo Google em um dos dispositivos registrados. Basta clicar em Sim, fui eu se esta foi realmente uma tentativa de conexão de sua parte. O acesso ao serviço do Google ao qual você está tentando se conectar é validado imediatamente.

Por último, vale indicar, a ativação do método dos dois fatores também pode ser realizada a partir do site oficial do Google.

Foto: © Stephanie Krist - Unsplash.com

Este documento, intitulado 'Contas Google com autenticação em dois fatores: obrigatório para todos', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.

Assine nossa newsletter!

Receba toda semana o melhor conteúdo

Assine nossa newsletter!