O que é o mouse

O mouse é um dos periféricos mais fundamentais para um computador. Nos sistemas operacionais atuais, o uso de um mouse é quase que uma necessidade, já que sua utilização facilita enormemente a navegação do usuários pelos programas e recursos do computador.

História do mouse

O mouse é um dispositivo indicador que serve para mover o cursor na tela, selecionar e mover elementos e acessar e modificar recursos e softwares através de cliques em seus botões. Chama-se clique a ação de pressionar um botão para efetuar uma ação.

O primeiro mouse foi inventado e desenvolvido por Douglas Carle Engelbart do Instituto de Pesquisa de Stanford. Era um mouse de madeira que continha dois discos perpendiculares, conectado ao computador por um par de fios entrelaçados.

Botões do mouse e conexões

Um mouse simples possui dois botões e um scroll. O botão esquerdo é usado para abrir arquivos e acessar links, por exemplo, atuando sempre numa lógica de redirecionamento. Por sua vez, o botão direito em geral acessa as propriedades do dado clicado, permitindo ações como copiar e colar.

O scroll é um elemento rolante, normalmente posicionado entre os dois botões principais, que permite que o usuário role pelas páginas da internet e outras janelas cujo conteúdo não cabe em uma exibição simples na tela.

Atualmente, a maioria dos mouses possui uma conexão USB. Ou seja, um fio conecta o mouse à CPU através de uma porta USB. Além disso, há as opções sem fio, que podem funcionar por um conector USB ou se ligar ao computador diretamente por Bluetooth.

Tipos de mouses

Existem vários tipos de mouses, classificados de acordo com a tecnologia de posicionamento e de acordo com a transmissão dos dados para unidade central. Podemos distinguir várias grandes famílias de mouses:

Os mouses mecânicos, cujo funcionamento se baseia numa bola (de plástico ou de borracha) embutida num chassis (de plástico) que transmite o movimento com dois rolos - em desuso atualmente;
Os mouses opto-mecânicos, cujo funcionamento é similar ao dos mouses mecânicos, mas o movimento da bola é detectado por captores óticos - em desuso atualmente;
Os mouses óticos, capazes de determinar o movimento por análise visual da superfície sobre a qual deslizam.

Mouse mecânico

O mouse mecânico comporta uma esfera sobre a qual giram dois rolos. Estes rolos têm, cada um, um disco entalhado que gira entre um fotodiodo e um LED. Quando a luz passa, o fotodiodo retorna um bit (1). Quando ele encontra um obstáculo, o fotodiodo retorna um bit nulo (0).

Com a ajuda dessas informações, o computador pode conhecer a posição do cursor e a sua velocidade. Com o uso, a poeira se instala nos rolos do mouse, impedindo que eles girem corretamente, provocando reações estranhas por parte do cursor. Para remediar esse problema, basta abrir a caixa que contém a esfera e limpar os rolos.

Mouse ótico

O mouse ótico possui um funcionamento baseado na análise da superfície na qual se desloca. Assim, um mouse ótico é constituído por um LED, um sistema de aquisição de imagens (IAS) e um processador de sinais numéricos (DSP).

O LED deve iluminar a superfície para que o sistema IAS capte a imagem da superfície. O DSP, ao analisar as características microscópicas da superfície, determina o movimento horizontal e vertical.

Os mouses óticos funcionam em todas as superfícies que não são completamente lisas ou com nuances de cor. As vantagens principais deste tipo de dispositivo indicador em relação aos mouses mecânicos são uma maior precisão e menos sujeira.

Mouses sem fio

Os mouses sem fio são os mais populares hoje em dia. Existem várias categorias de mouses sem fio, dependendo da tecnologia utilizada.

Os mouses infravermelhos são utilizados face a face com um receptor infravermelho ligado ao computador. O alcance deste tipo de dispositivo é de alguns metros em visão direta, como o controle remoto de uma televisão.

Os mouses hertzianos são utilizados com um receptor hertziano, geralmente de propriedade do construtor. O alcance desse tipo de dispositivo é de até 10 metros. Esse tipo de dispositivo pode ser útil para as pessoas que ligam o computador à televisão, por exemplo.

Os mouses Bluetooth são utilizados com um receptor Bluetooth conectado ao computador. O alcance desse tipo de dispositivo é equivalente às tecnologias hertzianas.

Mouse gamer

Nos últimos anos, o crescimento do mercado de games para computador levou os fabricantes a projetarem mouses específicos para esse público. Os chamados mouses gamer se diferenciam das opções padrão do mercado por apresentar maior sensibilidade aos movimentos, design ergonômico para acomodar a mão e a possibilidade de botões extras (há modelos que chegam a ter mais de 20 botões).

Além disso, existem subdivisões dentro da categoria dos mouses gamer baseadas no tipo de game que será jogado. Por todas essas características, os mouses gamer em geral possuem preço mais elevado que as opções convencionais.

Foto: © iStock.

Veja também
Este documento, intitulado 'O que é o mouse', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM (br.ccm.net) ao utilizar este artigo.

Assine nossa newsletter!

Receba toda semana o melhor conteúdo

Assine nossa newsletter!